Avaliação escolar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2617 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ – UVA
MÚLTIPLA EDUCAÇÃO PROFISSIONAL
PÓS-GRADUAÇÃO EM GESTÃO EDUCACIONAL COM DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR E SUPERVISÃO ESCOLAR

DANIEL RIBEIRO DA FONSECA

AVALIAÇÃO QUANTITATIVA E QUALITATIVA

TERESINA – PI
OUTUBRO/2010
DANIEL RIBEIRO DA FONSECA

AVALIAÇÃO QUANTITATIVA E QUALITATIVA

Trabalho avaliativo em cumprimento parcial para a conclusão docurso de Pós-Graduação em Gestão Educacional com Docência do Ensino Superior e Supervisão Escolar, pela Universidade Estadual Vale do Acaraú.

TERESINA – PI
OUTUBRO/2010
DANIEL RIBEIRO DA FONSECA

AVALIAÇÃO QUANTITATIVA E QUALITATIVA

Artigo apresentado à Universidade Estadual Vale do Acaraú – UVA, como pré-requisito para obtenção do título do curso de Especialização Gestão Educacional comDocência do Ensino Superior e Supervisão Escolar, sob a orientação da Profª. MSc. Élida Maria C. de B. e Mascarenhas.

APROVADO EM: _____ de _____________ de 2010.

BANCA EXAMINADORA

____________________________________________________________

___

____________________________________________________________

___

AVALIAÇÃO QUANTITATIVA E QUALITATIVA

Daniel Ribeiro da FonsecaOrientadora: Profª MSc. Élida Maria C. de B. e Mascarenhas

RESUMO

O presente artigo busca fazer um comparativo entre as principais práticas avaliativas na busca de mostrar aquela que realmente possibilita ao docente uma coletânea de dados mais próxima da realidade de cada discente. Ao professor é necessário avaliar, mas essa avaliação não pode ser considerada um peso tanto para o educadorquanto para o educando. É preciso fazer com que o aluno pouco perceba, e pouco se preocupe, com a forma que está sendo avaliado, dando garantias de que a verificação, feita contínua e cotidianamente pelo docente, reflita o verdadeiro saber adquirido pelo discente. Para tanto, realizou-se pesquisa bilbiográfica, destacando os autores Perrenoud (1999), Caldeira (2000), Luckesi (2002) entre outros.Espera-se, com o presente artigo, minimizar a supremacia da avaliação quantitativa sobre a qualitativa.
Palavras-chave: avaliação, quantitativa, qualitativa.

ABSTRACT

This article seeks to make a comparison between the principal evaluation practices in seeking to show that it really allows the teacher to a collection of data closer to the reality of each student.The teacher needs to beassessed, but this evaluation can not be considered a burden for both the educator and for the student. It is necessary to make the student realize little, and little worry with the way they are being evaluated, giving assurances that the check, made continuous and daily basis by the teacher, reflect the real knowledge acquired by students. To this end, we carried out research bibliography,highlighting the authors Perrenoud (1999), Caldeira (2000), Luckesi (2002) among others. It is expected, with this article, to minimize the supremacy of the quantitative assessment of the qualitative.

Keywords: assessment, quantitative and qualitative.

INTRODUÇÃO

Neste artigo pretendo expor considerações sobre a utilização das duas práticas de avaliação, a qualitativa (formativa) e a quantitativa(somativa). A avaliação está presente em todas as atividades sociais, culturais e intelectuais, desde os mais antigos registros de convivência humana. Avaliam-se valores para troca, capacidades, perdas e ganhos... O “julgar”, o “comparar”, o “medir”, ou seja, “avaliar” faz parte do nosso cotidiano.
Em qualquer avaliação feita, é necessário avaliar não só o que e como foi feito, como também, se ocaminho escolhido para tal fim foi o correto. Se era possível otimizar os resultados utilizando-se outros rumos e direções. Ou se aquela escolhida foi a que encaminhou o processo aos melhores resultados. Tal avaliação pode ser formulada de forma direta, única e definitiva, como também a partir de considerações feitas ao longo de todo o processo, gradativamente.
Nessa direção, podemos partir do...
tracking img