Avaliação dos controles internos e mapa de riscos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3119 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Avaliação dos Controles Internos e mapa de riscos

Em 2002, após a avalanche de informações sobre companhias que manipularam suas informações contábeis (Enron, Tyco, WorldCom e outras), o Congresso Americano, pressionado pela Sociedade e pela mídia, resolveu aprovar a Lei Sarbanes-Oxley, elaborada pelos congressistas, Paul S. Sarbanes e Michael Oxley, a qual reforma a regulamentação sobre omercado de capitais, em vigor naquele país, desde a década de 30.

Estes escândalos abalaram, fortemente, a confiança dos investidores e reforçaram a necessidade de maior transparência e confiabilidade na confecção e divulgação das informações contábeis e financeiras.

Teve como mudança básica nas regras de governança corporativa: - o aumento da responsabilidade dos diretores perante aemissão e divulgação de relatórios financeiros, bem como ênfase no uso de controles internos mais rígidos (avaliação pela administração da estrutura e eficiência dos controles internos) como forma de erradicar a manipulação indevida de informações financeiras. Os seus efeitos estendem-se, inclusive, às empresas não americanas que possuem cotação secundária em Bolsas de Valores norte-americanas.

Comodecorrência dos fatos apontados, vários estudos foram realizados, procurando identificar as principais falhas nos controles dessas instituições. Entre esses estudos, destaca-se, internacionalmente, o trabalho realizado pelo “Committee of Sponsoring Organizations of the Treadway Commission (COSO), em setembro de 1992, intitulado “Internal Control – Integrated Framework” – Controles Internos – Ummodelo integrado. Esta publicação tornou-se referência mundial para o estudo e avaliação dos controles internos. Os integrantes do Comitê das Organizações Patrocinadoras (COSO) são representantes da indústria, dos contadores, das sociedades de investimento e da Bolsa de Valores de Nova Iorque.

Baseando-se no modelo COSO, direcionaremos a nossa preocupação para o planejamento das atividades eavaliação dos controles internos de uma organização.

I) Definição de Controle Interno:

É um processo desenvolvido para garantir, com razoável certeza, que sejam atingidos os objetivos da empresa, nas seguintes categorias:

Eficiência e efetividade operacional - relaciona-se ao atingimento ou não dos objetivos básicos da entidade, no que se refere às metas de desempenho e rentabilidade;Confiança nos registros contábeis/financeiros – os registros devem refletir transações reais, consignadas pelos valores e enquadramentos corretos;

Conformidade – ações e documentos gerados pelos processos internos devem estar em conformidade com a legislação e normas pertinentes.

II) Processo de Controles Internos:

Este processo é constituído de 5 elementos,inter-relacionados entre si e presentes em todos os controles internos.

São eles:

Ambiente de Controle
Avaliação e Gerenciamento de Riscos
Atividades de Controle
Informação e Comunicação
Monitoramento

Ambiente de Controle

-------------------------------------------------
Em resumo, ambiente de controle é a consciência de controle da entidade, sua cultura de controle, seu modus operandi.-------------------------------------------------

-------------------------------------------------
Ambiente de controle envolve competência técnica e compromisso ético: é um fator intangível e essencial à efetividade dos controles internos. A postura da alta administração (padrão ético/integridade e compromisso) desempenha um papel fundamental para os subordinados – dá o tom real eefetivo de controle existente na entidade.

Modelo de Questionário de Avaliação do Ambiente de Controle: com colunas para avaliações da natureza do risco – operacional/informação/conformidade e/ou por critérios de materialidade/relevância/desempenho/criticidade, bem como do impacto daquela atividade (baixo/médio/alto) nos resultados da organização (modelo conhecido também como matriz de risco)....
tracking img