Avaliação de ferramentas de gerência de projetos de desenvolvimento de software seguindo as diretrizes do pmbok

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1895 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Pré-Projeto do Trabalho de Conclusão de Curso Larissa Layane de Lira Santos

AVALIAÇÃO DE FERRAMENTAS DE GERÊNCIA DE PROJETOS DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE SEGUINDO AS DIRETRIZES DO PMBOK

1. INTRODUÇÃO
A forte concorrência e o aumento do nível de exigência dos clientes em relação aos aspectos de inovação tecnológica e qualidade de software obrigam as empresas a se preocuparem cada vezmais em desenvolver softwares de maneira rápida e eficaz. Diante desse desafio, as organizações buscam, incessantemente, uma forma de desenvolvimento que priorize a qualidade final do produto e reduza o tempo de criação e os gastos do projeto. Para garantir que isso ocorra, é fundamental ter um projeto de desenvolvimento de software bem planejado, e cuidados adicionais para garantir a execução doplanejamento realizado. Um planejamento eficaz de desenvolvimento de software deve conter todas as informações necessárias ao controle do projeto (definição das atividades e de equipes, análise de riscos, orçamento, cronograma, recursos, etc.). Minimizando assim, os possíveis erros ou falhas que comprometam o custo, o prazo de entrega e a qualidade do produto. O gerenciamento de projetos desoftware é indispensável já que os profissionais da área devem ficar atentos às restrições de orçamento e de cronograma da empresa. Gerenciar um projeto de desenvolvimento de software não é uma tarefa tão simples, segundo [SOMMERVILLE,2007], os gerentes de softwares desenvolvem o mesmo tipo de trabalho que os gerentes de outras áreas da engenharia, o que torna essa tarefa difícil é o fato do softwareser um produto intangível, o que impossibilita os gerentes de projeto ver o progresso, sendo necessária uma documentação que o deixe ciente do progresso do projeto. O trabalho do gerente de projeto dentro do processo de desenvolvimento de software é primordial, pois eles são responsáveis por algumas atividades fundamentais para a garantia do projeto, tais como: elaboração da proposta, planejamentoe desenvolvimento do cronograma do projeto, custo, monitoração e revisão do projeto, seleção e avaliação do pessoal e elaboração de relatórios e apresentações. No intuito de auxiliar os gerentes a desempenharem um papel tão importante, foram desenvolvidas várias ferramentas que facilitam a gerencia de projetos, cabendo agora aos mesmos, a incumbência de escolher a ferramenta que melhor se encaixeao projeto. Atualmente há mais de 180 ferramentas de gerenciamento de projetos disponíveis no mercado (UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO, 2006). De acordo com Project Management Software (2009), algumas ferramentas em plataforma web estão em destaque por serem mais completas, entre elas estão: Ace Project (WEBSYSTEM, 2001), Cooper Project (COOPER, 2001) e Project Management Software(DOTPROJECT, 2005). A ferramenta Microsoft Project Server (MICROSOFT, 1987), é a única, em plataforma desktop, citada por ser muito utilizada nas empresas. Diante da dificuldade encontrada para gerenciar projetos de softwares o PMI (Project Management Institute), criou, em 1986, um guia que reúne as melhores
1

práticas em gerenciamento de projetos, o PMBOK (Guia do Conhecimento em Gerenciamento deProjetos). Segundo o Guia PMBOK (2008, p.12), o gerenciamento de projetos é a aplicação de conhecimento, habilidades, ferramentas e técnicas às atividades do projeto a fim de atender aos seus requisitos. O Guia PMBOK fornece diretrizes para o gerenciamento de projetos individuais. Ele define o gerenciamento e os conceitos relacionados e descreve o ciclo de vida do gerenciamento de projetos e osprocessos relacionados. (PMBOK, 2008, p.10). Os processos propostos pelo PMBOK para o gerenciamento de projetos são agrupados logicamente em cinco grupos de processos: iniciação, planejamento, execução, monitoramento e controle e encerramento. Este apresenta um total de 42 processos distribuídos em nove áreas de conhecimento, são elas: integração, escopo, tempo, custo, qualidade, recursos humanos,...
tracking img