Avaliação da homogeneização da mistura alumina hidratada/poli(álcool vinílico)/água para obtenção de cerâmica porosa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (403 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
AVALIAÇÃO DA HOMOGENEIZAÇÃO DA MISTURA ALUMINA HIDRATADA/POLI(ÁLCOOL VINÍLICO)/ÁGUA PARA OBTENÇÃO DE CERÂMICA POROSA
Maicon Lamb Flores (BIC-UCS), Lucas Bonan Gomes (PGEPROTEC), Rosmary NicheleBrandalise, Venina dos Santos (orientadora) – mlflores1@ucs.br

Os materiais cerâmicos são muito utilizados em vários segmentos do nosso cotidiano, desde utensílios decorativos, até peças de altacomplexidade, usadas na área da engenharia. Atualmente, as cerâmicas porosas vêm ganhando destaque por apresentarem propriedades filtrantes e permitirem a remoção de impurezas. Entre os materiais utilizadospara a produção de cerâmicas porosas, destaca-se a alumina, por suportar altas temperaturas e ser quimicamente estável. Para a preparação dessas cerâmicas é necessário acrescentar aditivos orgânicos,com função de ligante, sendo o poli(álcool vinílico), PVA, um dos polímeros mais utilizados. Este trabalho visa à obtenção de artefatos cerâmicos porosos, a partir de diferentes métodos dehomogeneização. A composição contendo 6% de alumina hidratada (Alcoa
d = 1,2 g.cm-3), 3% de PVA (Vetec Química Fina Mw = 85.000 g.mol-1) e 91% de água destilada foi testada em moinho de bolas, e, emmisturador tipo haste metálica. A homogeneização da mistura, em moinho de bolas (capacidade 7 L), foi realizada durante 24 h a temperatura ambiente (20 ºC). A homogeneização em misturador de haste metálica foirealizada a 80 ºC. Após, a mistura obtida (slurry) foi seca em estufa, a 80 °C, por 1 h. Usando-se o moinho de bolas a temperatura ambiente, notou-se que o PVA não solubilizou junto aos demaiscomponentes. Já com o misturador tipo haste metálica sob temperatura, foi observada a solubilização do PVA junto aos demais componentes. Isso ocorreu, porque o PVA é um polímero que possui temperatura detransição vítrea de 75 a 80 ºC. Ambos os compósitos de alumina/PVA obtidos foram colocados em um cadinho de alumina e tratados termicamente, em mufla, por aproximadamente 500 °C, durante 1 h. O...
tracking img