AV 1 - SSOC - SEM 1 - FORMAÇÃO SOCIAL HISTÓRICA E POLITICA DO BRASIL

As primeiras décadas após a chegada dos europeus ao Brasil ficaram marcadas por avanços e recuos administrativos da administração portuguesa. Boa parte da aparente crise administrativa foi fruto das rápidas transformações econômicas sofridas por Portugal nos últimos anos do século XV e primeiros do século XVI.

Sobre a administração portuguesa nesta fase é possível afirmar que:
Alternativas• 1 - após as expedições de reconhecimento e guarda costa fez-se opção pelas Capitanias Hereditárias, do fracasso das mesmas fora instituído o Governo Geral;
• 2 - o triunfo do extrativismo mineral foi substituído pelo exploração sistemática do açúcar para o mercado americano, fato que exigiu a instituição do vice-reino da prata no Rio de Janeiro;
• 3 - com vistas à exploração sistemática dopau-brasil e buscando combater o contrabando do mesmo a metrópole portuguesa instituiu o Governo Geral do Brasil;
• 4 - com o acordo com espanhóis e franceses fora transferida toda administração do Brasil aos holandeses;
• 5 - a escassez de administrares qualificados no reino português foi um dos fatores que retardaram a exploração do solo brasileiro.
Sua resposta
Sem resposta
Questão 2Nota: Não gerada
Para responder leia atentamente o fragmento:

“Nos tempos da fundação de São Paulo, os tupiniquins dominavam os campos de Piratininga e o Vale do Tietê. O planalto era povoado por várias aldeias tupis. Os índios desciam para o litoral na época do frio para pescar e foram os responsáveis pela criação de várias trilhas, a maioria usada pelos jesuítas e portugueses. Os tupis eramformados por diversos grupos indígenas, que, na sua maioria, viviam para a guerra. Tinham na sua força e coragem profundo orgulho.Entre as famílias tupis, predominavam na Ilha de São Vicente os tamoios, quando a expedição portuguesa chegou em 1532.
É importante ressaltar que o cacique Tibiriçá, chefe de uma parte da nação indígena estabelecida nos campos de Piratininga, com sede na aldeia deInhampuambuçu, foi grande colaborador dos jesuítas e portugueses. Defendeu muitas vezes São Paulo de ataques de outras tribos e facilitou o trabalho de catequese. Seus restos mortais se encontram hoje depositados em uma cripta na Catedral da Sé.
(http://wenderlacerda.sites.uol.com.br/historia.htm)

Sobre os nativos da América é possível afirmar:
Alternativas
• 1 - a existência de pouca diferençacultural entre os grupos facilitou a ação dos jesuítas e colonizadores;
• 2 - salvo a região de São Paulo e do grande Amazonas a presença indígena era diminuta;
• 3 - independente da multiplicidade cultural dos povos nativos da América as ações colonizadoras forma muito próximas: dizimação pela pólvora, doenças etc.;
• 4 - os índios aliados dos colonizadores nada sofrem de prejuízo cultural,político e econômico;
• 5 - o canibalismo predominante entre todos os povos impediu ações harmoniosas entre os nativos e os colonizadores, fator número um dos massacres dos últimos.
Sua resposta
Sem resposta
Questão 3
Nota: Não gerada
Para responder a questão construa reflexão sobre o texto a seguir:

“A identidade negra não surge da tomada de consciência de uma diferença de pigmentação oude uma diferença biológica entre populações negras e brancas e/ou negras e amarelas. Ela resulta de um longo processo histórico que começa com o descobrimento, no século XV, do continente africano e de seus habitantes pelos navegadores portugueses, descobrimento esse que abriu o caminho às relações mercantilistas com a África, ao tráfico negreiro, à escravidão e, enfim, à colonização docontinente africano e de seus povos.” kabengele Munanga, Algumas considerações sobre a diversidade e a identidade negra no Brasil.

O Tráfico Negreiro:
Alternativas
• 1 - atingiu maciçamente o continente africano sem maiores efeitos sociais e econômicos em outros continentes;
• 2 - nasceu no continente africano, para atender a demanda interna crescente do continente, após a Revolução Industrial;...
tracking img