Autoridade e autoritarismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1461 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ADRIANO DA ROCHA GODINHO


























EDUCAÇÃO E PEDAGOGIA

Trabalho apresentado à disciplina de Filosofia da Educação I como Avaliação Parcial do 2º bimestre


Docente: Emerson Rodrigo Camargo














FACULDADE DE EDUCAÇÃO SÃO LUIS
JABOTICABAL- SP2012

AUTORIDADE E AUTORITARISMO

6. Quando o professor confunde autoridade com autoritarismo?
7. porque exigir obediência cega ao aluno é um risco?

Autoridade – sf. 1. Direito ou poder de fazer-se obedecer, de dar ordens, tomar decisões, agir, etc. 2. Aquele que tem esse direito ou poder. 3. fig. Influência, prestígio.

Autoritário – adj. relativo à autoridade; que sefirma numa autoridade forte, ditatorial; revestido de autoritarismo; dominador; impositivo; a favor do princípio de submissão cega à autoridade.

Esse é o conceito etimológico que encontramos no dicionário de língua portuguesa de ambas as palavras. Se pensarmos na situação, poderemos perceber que somos vítimas constantes do autoritarismo. Uma situação bem comum e que serve de exemplo, é que já fuivítima é do autoritarismo de policiais, que devido ao poder que tem acabam se aproveitando desse poder, aplicando multas em situações em que não é constatada irregularidade alguma, e se demostrarmos qualquer tipo de reação, somos prejudicados ainda mais.

Na minha visão quem detém esse direito e poder deve ter responsabilidade e possuir uma formação ética e abrangente para assumir qualquer função.A situação acima é um exemplo de desvio de comportamento da parte de que deveria exercer com plenitude a justiça igualitária para todos, sem distinção.

Nessa mesma linha de pensamento, podemos abordar também o ambiente escolar. A relação professor-aluno têm se mostrado abalada pelo autoritarismo, pois não o diálogo entra as partes para definirem regras e limites, por isso pode-se constatar queesse autoritarismo vem à tona quando se fala da questão disciplinar necessária em sala de aula.

Não creio que este seja um assunto referente somente ao aluno e ao professor, é e deve ser também de interesse da sociedade, pois esse aluno viverá nessa sociedade enquanto viver. Geralmente quando acontece algum problema que desestabilize esta relação, a primeira atitude é nomear um culpado, sendoé difícil encontrado em uma situação em que todos são responsáveis pelo que está acontecendo.

Na Pedagogia do Senso Comum, o aluno deve obediência ao professor, jamais deve questioná-lo. Dessa forma a relação entre aquele que ensina e aquele que aprende se torna conturba e nesse contexto que a autoridade, devido ao seu excesso, é confundida com autoritarismo.

A autoridade sempre seránecessária, porem deve ser conduzida de forma justa, correta, para que se possa disciplinar o aluno, levando-o a adequar seu comportamento as regras propostas, mesmo que que sejam as regras dos outros e não deles. Pelo que pude perceber, essas regras não são um protocolo que deve ser seguido por todas as escolas, nem mesmo são temas das aulas durante a formação dos professores (a partir do magistério, daslicenciaturas ou de bacharelados), nem de palestras, nem mesmo como conteúdo dentro da própria sala de aula.

Outro aspecto interessante em relação à autoridade do professor na sala de aula, é o fato de que existem muitos que cobram, exige seu direito parcial ou até mesmo total, de exercer seu direito de se fazer obedecer ou de se ordenar. Nesse caso, isso se torna um agravante que prejudicaráo desenvolvimento da aprendizagem, uma vez que, esse professor deve se mostrar disposto a participar inteiramente desse processo que também inclui a definição de formas de agir e cobrar certos certas atitudes referentes ao comportamento do aluno.

O professor nunca deve exercer sua autoridade ameaçando o aluno, como as notas,
o controle sobre a frequência, a possibilidade de reprovar o...
tracking img