Automacao

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 38 (9450 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
APOSTILA DE ELETRÔNICA BÁSICA

1ªEDIÇÃO

ÍNDICE
1.0 MATERIAIS SEMICONDUTORES
1.1 MATERIAIS INTRÍNSECOS E MATERIAIS EXTRÍNSECOS 1.2 MATERIAL EXTRÍNSECO TIPO P 1.3 MATERIAL EXTRÍNSECO TIPO N

5
6 6 7

2.0 DIODOS
2.1 JUNÇÃO PN 2.2 BARREIRA DE POTENCIAL 2.3 JUNÇÃO PN POLARIZADA DIRETAMENTE 2.4 JUNÇÃO PN POLARIZADA REVERSAMENTE 2.5 TENSÃO DE RUPTURA 2.6 DIODO IDEAL 2.7 DIODO REAL

8
88 8 9 9 9 10

3.0 RETIFICADORES MONOFÁSICOS
3.1 A ONDA SENOIDAL 3.2 TENSÃO DE PICO 3.3 VALOR DE PICO A PICO (VPP) 3.4 VALOR MÉDIO (VM) 3.5 VALOR EFICAZ (VEF ou VRMS) 3.6 TRANSFORMADORES 3.7 RETIFICADOR MONOFÁSICO DE MEIA ONDA 3.8 FORMAS DE ONDA DAS TENSÕES 3.9 EQUAÇÕES CARACTERISTICAS 3.10 TENSÃO MÉDIA NA CARGA (VMRL) 3.11 TENSÃO REVERSA NO DIODO (PIV) 3.12 CORRENTE MÉDIA NO DIODO (IMRL) 3.13FREQUÊNCIA DE ONDULAÇÃO DA TENSÃO NA CARGA (fond) 3.14 RETIFICADOR MONOFÁSICO DE ONDA COMPLETA COM TOMADA CENTRAL

11
11 11 12 12 12 12 13 13 14 14 14 14 14 15

1

3.15 CIRCUITO ELÉTRICO 3.16 FUNCIONAMENTO 3.17 COMPORTAMENTO DO RETIFICADOR 3.18 FORMAS DE ONDAS DAS TENSÕES NO CIRCUITO 3.20 EQUAÇÕES CARACTERISTICAS DO CIRCUITO 3.21 TENSÃO MÉDIA NA CARGA (VMRL) 3.22 TENSÃO REVERSA NOS DIODOS(PIV) 3.23 CORRENTE MÉDIA NA CARGA (IMRL) 3.24 CORRENTE MÉDIA NOS DIODOS (IMD) 3.25 FREQUÊNCIA DE ONDULAÇÃO DA TENSÃO NA CARGA (fond) 3.26 RETIFICADOR MONOFÁSICO DE ONDA COMPLETA EM PONTE 3.27 CIRCUITO ELÉTRICO 3.28 FUNCIONAMENTO 3.29 FORMA DE ONDA DAS TENSÕES E CORRENTES NO CIRCUITO 3.30 EQUAÇÕES CARACTERISTICAS 3.31 TENSÃO MÉDIA NA CARGA (VMRL) 3.32 CORRENTE MÉDIA NA CARGA (IMRL) 3.33 CORRENTEMÉDIA NOS DIODOS (IMD) 3.34 FREQUÊNCIA DE ONDULAÇÃO DA TENSÃO NA CARGA (fond) 3.35 TENSÃO REVERSA NOS DIODOS (PIV)

15 15 15 16 16 16 16 16 17 17 17 17 17 18 18 18 18 19 19 19

4.0 FILTROS CAPACITIVOS PARA RETIFICADORES
4.1 FUNCIONAMENTO

19
19

5.0 DIODO ZENER
5.1 Corrente máxima do zener 5.2 Corrente mínima do zener

21
21 22

5.3 REGULADOR DE TENSÃO COM ZENER 6.0 TRANSISTORESBIPOLARES DE JUNÇÃO
6.1 POLARIZANDO O TRANSISTOR 6.2 POLARIZAÇÃO DIRETA 6.3 POLARIZAÇÃO REVERSA

22 25
25 25 26

2

6.4 POLARIZAÇÃO DIRETA – REVERSA 6.5 ALFA CC (αCC) 6.6 CIRCUITO DE POLARIZAÇÃO EMISSOR COMUM (EC) 6.8 BETA CC (βCC) 6.9 SIMBOLOGIA DOS TRANSISTORES 6.10 Regiões de operação de um transistor 6.11 Região de corte / saturação 6.12 ESPECIFICAÇÕES DOS TRANSISTORES 6.13 O TRANSISTOROPERANDO COMO CHAVE 6.14 TRANSISTOR OPERANDO NA REGIÃO LINEAR 6.15 Curvas de ganho de corrente (βCC X IC) 6.16 CurvaS CaracterísticaS de Coletor 6.17 O TRANSISTOR COMO FONTE DE CORRENTE 6.18 Circuito Elétrico 6.19 CIRCUITOS DE POLARIZAÇÃO DE TRANSISTORES 6.20 POLARIZAÇÃO COM REALIMENTAÇÃO DE EMISSOR 6.21 Circuito Elétrico 6.22 POLARIZAÇÃO POR REALIMENTAÇÃO DE COLETOR 6.23 Circuito Elétrico 6.24POLARIZAÇÃO POR DIVISOR DE TENSÃO NA BASE 6.25 Circuito Elétrico

26 27 27 28 28 29 29 29 30 33 33 33 34 34 36 36 36 37 37 38 39

7.0 FONTES DE ALIMENTAÇÃO REGULADAS
7.1 Principais tipos de circuitos estabilizadores de tensão 7.2 Regulador utilizando diodos zener 7.3 Circuito Elétrico

41
41 41 42

8.0 REGULADORES INTEGRADOS DE TENSÃO
8.1 Aplicações típicas dos reguladores integrados 8.2FONTE VARIAVEL 1,25 a 35 V / 5A

45
46 46

9.0 APÊNDICE
9.1 TRANSISTORES

48
48

3

9.2 DIODOS ZENER 9.3 DIODOS RETIFICADORES

50 53

10.0 EXERCÍCIOS 11.0 BIBLIOGRÁFIA

54 64

4

1.0 MATERIAIS SEMICONDUTORES
O termo semicondutor sugere algo entre os condutores e os isolantes, pois o prefixo “semi” é aplicado a algo no meio, entre dois limites. A propriedade atribuída aossemicondutores que define sua relação com isolantes e condutores é a condutividade elétrica, que é a capacidade de conduzir cargas elétricas (corrente elétrica) quando submetido à uma diferença de potencial elétrico (tensão elétrica). A resistência que um material apresenta ao fluxo de uma corrente elétrica (resistividade elétrica) é inversamente proporcional à sua condutividade elétrica. Enfim,...
tracking img