Auto da compadecida

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4872 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1
travessias número 02

revistatravessias@gmail.com
ISSN 1982-5935

JOÃO GRILO, O DESMILINGÜIDO: A ESPERANÇA NO IMAGINÁRIO DO
OPRIMIDO 1
JOÃO GRILO, THE WEAKENED: THE HOPE IN THE IMAGINARY OF THE
OPPRESSED
André Adriano Brun 2
RESUMO: Objetiva-se neste estudo refletir sobre os sentidos que o mito de João Grilo – bastante
difundido no sertão nordestino – assume no imaginário dossujeitos/atores que, direta ou
indiretamente, com ele se identificam, perpetuando-o ao longo dos tempos. Aos que detém o poder
e/ou são abastados, o mito – ao denunciar seus vícios – representa uma ameaça, apontando para a
subversão da ordem. Entretanto, àqueles que, por seu aspecto físico e pela sua condição de miséria e
escravização, se identificam com o mito, João Grilo representa a esperança dedias melhores. Apesar
de malandro, o caráter da personagem não perde totalmente o brilho e a dignidade, pois, ao não se
apropriar do poder e da riqueza dos oponentes por ele derrotados, João Grilo não reproduz nem
perpetua o sistema do qual fora vítima. Assim sendo, João Grilo, diferentemente dos metódicos
caxias e dos cangaceiros caóticos, não é extremista, situando-se numa posiçãointermediária no rol
dos heróis que povoam o imaginário folclórico-cultural brasileiro.
PALAVRAS-CHAVE: Mito, malandragem, perspectiva sociológica.
ABSTRACT: The objective of this study is to discuss about the meanings that the João Grilo´s
myth – largely spreaded out in the northeastern hinterland – assumes in the imaginary of the
citizens/actors who, directly or indirectly, identify themselves withit, lasting throughout the times.
To those that withholds the power and/or are wealthy, the myth – when denounce its vices –
represents a threat, calling the attention to the subversion of the order. However, to those, because
of physical features and the condition of misery and slavery, identify with the myth, João Grilo
represents the hope of better days. Although a cheat, the personage´smoral does not totally lose the
brightness and the dignity because, when he does not take the power and the wealth of the defeated
opponents, João Grilo neither reproduce nor perpetuates the system of which he is a victim.
Therefore, João Grilo, differently from the strict person and the chaotic cangaceiros, is not an
extremist, placing himself in an intermediate position in the heroes roll thatare present in the
folklore-cultural imaginary of the Brazilians.
KEY WORDS: Myth, cheating habits, sociological perspective

Artigo elaborado e entregue como requisito parcial para a obtenção de conceito na disciplina de caráter eletivo,
“Linguagem ficcional do século XX: literatura, sociedade e mito”, ministrada pela professora Drª. Rita das Graças Felix
Fortes no Mestrado em Letras:Linguagem e Sociedade, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná – Unioeste, de
quem o autor do estudo foi orientando.
2 Mestre em Letras pela Unioeste. E-mail: decobrun@ibest.com.br.
1

André Adriano Brun www.unioeste.br/travessias

2
travessias número 02

revistatravessias@gmail.com
ISSN 1982-5935

No início do ensaio, intitulado Pedro Malasartes e os paradoxos da malandragem, queanalisa
a representação do mito de Malasartes no imaginário folclórico-cultural brasileiro, Roberto Damatta
(1997), ao expor a postura metodológica adotada para a sua elaboração, compara a sociedade a uma
peça teatral e menciona que a mesma, assim como ocorre com os autores teatrais, também determina
seus atores. Nas palavras do teórico, a sociedade
não inventa somente a peça e o enredo, ocenário e o palco, como fazem os
teatrólogos. Vai além disso, criando também os papéis e os atores, bem como as
condições em que a peça deverá ser encenada, e como será recebida. De modo que,
ao estudarmos a dramatização (que é, como sabemos, um modo coletivo de
expressão), estudamos conjuntamente os papéis sociais e os atores (DAMATTA,
1997, p. 254).

Segundo o autor, não se pode falar em...
tracking img