Auto compreensão

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 42 (10446 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CONSTRUINDO UM CASAMENTO DE VERDADE



Palestras preparadas para o Encontro de Casais da
IGREJA BATISTA NOVA JERUSALÉM


POR DAVID AMADOR
Pastor e Psicanalista clínico

COMO CONSTRUIR UM CASAMENTO DE VERDADE
Palestra preparada para o Encontro de Casais da I.B. Nova JerusalémPor David Amador - Pastor e Psicanalista Clínico
INTRODUÇÃO
Não existe uma receita, tipo "siga as instruções que vai dar certo". Mas existem alguns caminhos, que ajudem a um casamento a dar certo. Nem sempre o sucesso depende de religião. Digo isto, porque temos a tendência de espiritualizar todos os problemas da vida. Boa parte, senão a maior parte deles, não depende de Deus,demônios, anjos, encostos, santos, velas e patuás. Há pessoas muito religiosas vivendo mal e pessoas sem religião vivendo bem. Não depende de situação acadêmica ou social. Gente bem casada e gente má casada há em todas as esferas da vida. Na maior parte das vezes, o bom sucesso do casamento depende, simplesmente, de bom senso, que está em falta em muitas esferas da vida. Portanto, vou seguir a trilha dobom senso. Não esperem alguma revelação fantástica, que marque para sempre os anais da terapia conjugal. Mas vou falar de coisas simples, das quais certamente já ouviram, mas que falta a prática.
Relacionamentos de qualquer espécie geram conflitos. Mas o relacionamento conjugal é mais delicado. Atinge-nos no que há de mais pessoal e está dentro de casa. Quando é profissional, estudantil, comvizinhos, há a cessação quando se chega em casa. Quando é em casa, não há para onde ir. A não ser ir para a rua. Quando surgem os conflitos, a tendência mais comum é valer-se do velho expediente de culpar o outro. Faz parte de nosso mecanismo de defesa e é a maneira mais eficiente de dar uma explicação: a outra parte é a problemática. Adão fez isto, no Éden: "a mulher que tu me deste". A mulher eDeus eram os culpados.
Construir um casamento de verdade é uma árdua tarefa que exige, de ambos os parceiros, um grande investimento amoroso, capacidade de mudança e adaptação e a convicção de que é preciso batalhar para que as coisas dêem certo! Quando apenas um está lutando para manter a relação e a outra parte não liga, a situação é mais difícil. Quando um não quer, dois não brigam. Quando umnão quer dois não amam, dois não constroem. Culpar o outro se evadindo de responsabilidade, trás perigo ao matrimônio.
Por conta disto, durante este Retiro de casais, quero oferecer alguns caminhos que podem ajudar na construção de um casamento de verdade. Algumas questões:
1. Qual razão de tantos casais viverem cheios de mágoas, frustrações e monotonia? 2. Quala razão do romantismo dos tempos de namoro acabar tão depressa? 3. Porque às vezes temos a impressão de que os princípios bíblicos “não funcionam”? 4. Como nos relacionar com Deus para que Ele satisfaça nossos profundos anseios de sermos amados e termos senso de valor pessoal?È o que pretendo discutir com os irmãos nestes dias os quais passaremos juntos.
É muito comum nos dias de hoje o desejo dos cônjuges de sentirem-se aceitos e seguros sem terem a necessidade de encarar seus pecados. O que se quer, é um lugar seguro onde se sintam amados e aceitos sem jamais ter que pedir perdão.

-1-
Entretanto, depois da queda, o lartornou-se um dos maiores campos de batalha do pecado. É exatamente no contexto familiar que experimentamos as nossas maiores alegrias, mas, também as nossas maiores tristezas. Porque é no contexto familiar que vemos exemplos claros do estrago causado pelo pecado da independência de Deus e também da nossa auto-proteção.
1. O PLANO DE DEUS PARA O CASAMENTO
Deus estabeleceu o relacionamento...
tracking img