Autismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1428 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ASSOCIAÇÃO CULTURAL DE GARÇA – ACEG
FACULDADE CIÊNCIAS DA SAÚDE
CURSO DE FORMAÇÃO DE PSICÓLOGOS

AUTISMO: um estudo sobre o desenvolvimento social, emocional,
a relação familiar e a sexualidade nos autistas.

Garça/SP – 1º Semestre
2012

MARY HELEN RODRIGUES SANTOS

AUTISMO: um estudo sobre o desenvolvimento social, emocional,
a relação familiar e a sexualidade nos autistas.Projeto de pesquisa apresentado como pré-
Requesito para obtenção de notas para o curso
de Psicologia, da Faculdade de Ciências da
Saúde da Associação Cultural eEducacional de Garça.




Garça/SP – 1º Semestre
2012
2
1 INTRODUÇÃO

Este projeto de pesquisa tem como finalidade discutir processos do desenvolvimento social, emocional, a relação familiar e a sexualidade dos autistas.
Tem como proposta, o auxiliar as famílias e amigos destes, no qual, sãoconsiderados antissociais, podendo até ocorrer à exclusão do individuo da sociedade.
O tema deste projeto de pesquisa foi escolhido, por ser um assunto pouco discutido, e gerar uma ampla curiosidade sobre esse assunto na sociedade.
Os estudos começaram em fevereiro de 2012, e se concluirá em junho do mesmo ano. O projeto de pesquisa é inteiramente uma pesquisa bibliográfica, no qual, é falado sobre oconceito, a causa, a identificação, o tratamento, o comportamento, a sexualidade e a inserção dos indivíduos com autismo na sociedade.
Autismo, estado mental caracterizado pela tendência a alhear-se do mundo exterior e ensimesmar-se. (Dicionário Aurélio online).
“O autismo é uma síndrome comportamental com etiologias diferentes, na qual o processo de desenvolvimento infantil encontra-seprofundamente distorcido”. (Gillbert, 1990; Rutter, 1996). A causa dessa patologia ainda não é conhecida, mas pensa-se ser genético, ambiental ou uma combinação de ambas. Embora a maioria dos casos não tenha nenhuma causa obvia.
O autismo não é uma única doença, mas sim um distúrbio de desenvolvimento complexo, definido de um ponto de vista comportamental, com etiologias múltiplas e graus variados deseveridade.
Há uma necessidade de identificação de subgrupos homogêneos de indivíduos autistas tanto para finalidades praticas quanto de pesquisa. Essa subdivisão é uma tentativa de atender as necessidades cientificas de pesquisa, bem como permitir o desenvolvimento de serviços que supram as necessidades de indivíduos com autismo e distúrbios relacionados.
Estes distúrbios são: Síndrome de Rett,Transtorno desintegrativo da infância, Transtorno invasivo de desenvolvimento não especifico e Síndrome de Aspager.

3
Já as principais patologias relacionadas ao autismo são: Rubéola, Toxoplasmose, Microcefalia, Meningite e Hidrocefalia.
O autismo pode ser identificado através de observação, uma pessoa autista evita formar relação intima, contato de olhos e manifestações decarinho. Além de o convívio social ser estritamente limitado, “O autismo também afeta a comunicação, a imaginação e a compreensão social destes.” (Wing, 1988).
Apesar de o autismo ter todos estes déficits, não se pode definir simplesmente como retardo mental, embora muitos casos apresentem uma média de QI baixo.
A gravidade do autismo oscila bastante, porque as causas, não sendo as mesmas, podemproduzir significativas diferenças individuais no quadro clinico. Desta forma, o tratamento e o prognostico variam de caso a caso. Quanto mais cedo for diagnosticado permitirá a indicação antecipada de tratamento. Uma vez que apropriada resulta em considerável melhora no prognostico.
O comportamento de autistas na sociedade é visto como egoísta, as famílias se queixam muito, por eles não...
tracking img