Aulas de biofisica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 33 (8097 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]












BIOFÍSICA I














Curso: Ciências Biológicas (4º termo)


Prof. Rodolfo


PLANO DE ENSINO
Disciplina: Biofísica I
Curso: Ciências Biológicas
Departamento: Ciências
Professor: Rodolfo Langhi


OBJETIVOS GERAIS

Prover conceitos fundamentais de biofísica para a compreensão dos fenômenos biológicos, a nível macroscópico, celular emolecular, relacionando as leis físicas com a biologia. Estabelecer a relação entre a ciência da biofísica e o desenvolvimento da pesquisa e tecnologia, baseada na observação e experimentação dos fenômenos.


CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO

Análise do desempenho do aluno em aula
Entrega periódica de folhas de exercícios
Avaliações individuais
Trabalhos de pesquisa e reflexão em sala de aulae em campo
Apresentações orais


METODOLOGIA

Aulas expositivas
Pesquisas individuais e em grupo sob orientação do professor
Resolução de exercícios em aula
Seminários


EMENTA

Natureza da matéria. Espectro eletromagnético. Radiações: tipos, aplicações e cuidados. Ondulatória e audição. Ultra-som, infra-som e acústica. Óptica e visão. Características ondulatórias eparticulares da luz. Corretivos para visão.




CONTEÚDO PROGRAMÁTICO


1. Radiações
1.1 conceito
1.2 espectro eletromagnético
1.3 tipos de radiações, aplicações e cuidados
2. Audição
2.1 ondulatória da fonação e audição
2.2 funcionamento do processo auditivo
2.3 bioacústica
2.4 aplicações médicas do som (ultra-som)
3. Visão3.1 natureza da luz e propriedades
3.2 biofísica do olho humano
3.3 anormalidades e correções da visão


BIBLIOGRAFIA BÁSICA

DURÁN, J. E. R. Biofísica: fundamentos e aplicações. São Paulo: Prentice Hall, 2003.

FRUMENTO, A. S. Biofísica. Argentina: Intermédica, 1974.

HENEINE, I. F. Biofísica Básica. São Paulo: Atheneu: 1991.
OKUNO, E. e CHOW, C. Física para ciênciasBiológicas e médicas. São Paulo: Harbra, 1986.

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

GARCIA, E. A. C. Biofisica. São Paulo: Salvier, 1997.
GUYTON, A. C. Fisiologia humana. 6º ed. Rio de Janeiro: Guanabara, 1984.

Radiações

A luz tem natureza eletromagnética, onde é composta por pequenos corpúsculos que são ejetados das fontes luminosas com grande velocidade. Segundo teorias, a luz se propaga comvelocidade constante no vácuo. Hoje se admite que sua natureza é simultaneamente corpuscular e ondulatória. Assim, cada fóton é uma onda e uma partícula. O espectro eletromagnético inclui radiações de freqüência muito baixas, como aquelas relacionadas com as transmissões de rádio (ondas largas), até radiações de freqüência muito elevadas como os raios cósmicos. A faixa de radiações eletromagnéticasque pode ser captada pelo olho humano está situada entre 370 e 740nm. Esta faixa é muito pequena se comparada à gama de freqüência do espectro eletromagnético que inclui freqüência de até 1024Hz.
Para calcularmos a energia de um feixe eletromagnético utilizamos as seguintes equações:
Ec = m . v2 [pic]. f = v2
Através do Sistema Internacional temos que:
Ec = energia cinética (J)
m = massa (Kg)
v = velocidade da partícula (m/s)
[pic](lâmbda) = comprimento da onda (m)
f = freqüência da onda (Hz)
v = velocidade (m/s)


A freqüência é o número de vezes que o fenômeno se repete em um intervalo de tempo, medido emciclos por segundo (Hertz – Hz), onde esses ciclos são os movimentos completos, o de ida e volta à mesma posição inicial. O período (T) é a duração do ciclo.
As ondas eletromagnéticas podem interagir com a matéria como se fossem partículas. A energia radiante muitas vezes se comporta como se estivesse compactada, formando pacotes aos quais se chama de quanta (singular quantum) ou fótons. Os...
tracking img