Aula turibio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1882 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Relatório das Aulas do Master Class com o Violonista – Turibio Santos

1. No inicio da aula ele começou a falar de como é tocar em orquestras, violão e orquestra no caso. Um recurso super funcional é a utilização do pulso do pé para das as entradas para o regente e para a orquestra, devido o recuso sonoro do violão ser mínimo, intensidademente falando. Em seguida, falou dos fatorespsicológicos que influenciam totalmente na performance, exatamente o que estamos vendo na aula do Marcelo Sampaio. Falou sobre concentração que é importante entrar com a mente totalmente vazia, e esquecer qualquer outro assunto, mesmo, mais nada pode existir. Ao entrar no assunto de recurso do intrumento, ele cita as diferenças e as vantagens e desvantagens do violão, ele fala que o violão funciona como umamini orquestra, e que se tratarmos o violão com pouca utilização dos recursos sonoros, essa mini orquestra nunca vai ficar com cara de uma mini orquestra. Bach, Villa lobos ou qualquer outro compositor é para se tocar sim, utilizando vibratos, timbres diferente, e expandir mesmo os recuso do instrumento. Em relação ao ruído ele afirma que é impossível evitar totalmente os ruídos, mas que devemoster o controle dele e diminuir o máximo possível. Após isso tudo, ele começou a contar historias, em paris e na Inglaterra, ele foi aluno de segóvia, e Juliam Breen também, ou seja, varias histórias para contar. INTERVALO. Na volta, eu toquei duas musicas, no qual ele me mostrou uma forma muito útil de se estudalas, toquei o Andante Largo – Fernando Sor, OPUS 5, e o estudo n1 de Villa Lobos. NoSor ele disse para tocar contando mesmo, em 4 tempo, e fazer a musica toda contando, e, em seguida, para falar as notas, no memso ritimo da contagem, apenas falar as notas, não necessariamente solfejar, até mesmo para associarmos o nome da nota com a casa do violão que estamos tocando, assim estamos treinando muito a nossa leitura musical. Isso serve para todas as musicas que estamos estudando. NoVilla Lobos, não disse muita coisa, apenas citou um recurso técnico para treinar em outra oportunidade, que é a utilização dos dedos A e dedo P para atuarem como apoio, para manter a Mao equilibrada e o arpejo sair bem feito. Nessa peça ele mostra também recurso de acentuação e diz que o importante é induzir o ouvinte a ouvir aquilo que você esta tocando, no caso podendo tocar notas (mesma) grave,ao invés daquela aguda pedida. Tambem comentou de seu recital, que foi amplificado por questões da acústica (era meio seca). Ele disse que até daria para o ouvinte acostumar com a acustica do violão naquela sala, mas isso demandaria algum tempo, cerca de 10 a 15 minutos, como o recital era pequeno, ele não quis arriscar e resolver da uma leve amplificada no violão, que nem deu tanto efeito deamplificação, ficou quase na mesma, mas ele fez isso para ter certeza que o pouco que ele iria tocar, seria devidamente bem escutado. Ele coloca também Fernando SOR e Mauro GIULIANI em patamares de auto nível e disse também que o sonho dele é ver esses geniais compositores ouvindo suas obras com os instrumentos modernos (violão), pois na época desses compositores os instrumentos era de muito poucorecurso (sonoro, timbristicos, etc.)ele não considera a tensão uma coisa maléfica ao instumentista, mas que esta tensão deve ser controlada, e também ele libera totalmente o jeito de tocar, ta liberado a maneira de tocar, desde que o som do instumento saia conforme. Ele também ensinou como devemos ensinar o violão, e eu achei fantástico muito bom mesmo a maneira que ele ensinou, que é: você vaifazer a quinta linha da Paula musical, apenas a quinta linha. E escrever três notas, no caso a mi, a fá e a sol, e fazer o aluno brincar (ao comando do professor) com essas 3 notas, e ver essas três notas no braço violão mesmo, ele critica muito a maneira que é ensinar de cara as 5 linhas do pentagrama, na próxima aula vc vai intriduzindo mais linhas e mais notas também. Sempre de três em três...
tracking img