Aula-tema 3 resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2006 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
 

Resumo Aula-tema 03: A coesão textual e seus mecanismos.

Ao lermos um texto bem escrito, somos capazes de perceber nele uma unidade de sentido e uma progressão de ideias que advém da maneira como os elementos nele presentes mostram-se inter-relacionados. Esse fato tem a ver com a coesão textual, fenômeno por meio do qual as ideias presentes em um texto encontram-se interligadas por meiode mecanismos linguísticos que estabelecem interdependência entre eles, seja por meio da referenciação seja por meio da sequenciação. Por meio desses mecanismos, percebemos as estratégias que seu autor utilizou para “costurar” suas ideias, dando continuidade e sequência lógica ao conteúdo apresentado. Nesta aula, você irá aprender a empregar adequadamente os recursos vocabulares, sintáticos esemânticos de que dispõe a língua portuguesa para relacionar termos ou segmentos na construção de seu texto, de modo a deixá-lo claro e coeso.

A referenciação e suas estratégias A referenciação diz respeito às diversas formas de introdução, no texto, de novas entidades ou referentes. Quando estes são retomados mais adiante ou servem de base para a introdução de novos referentes, tem-se o que sedenomina progressão referencial. O modo como efetuamos essa progressão baseia-se em nossa percepção de mundo, crenças e propósitos comunicativos. Assim, seja na leitura ou na escrita, atuamos de forma a construir e reconstruir objetos-de-discurso. Quando um referente totalmente novo é introduzido o texto, ocorre a chamada ativação não-ancorada. Por sua vez, a ativação ancorada ocorre quando um novoobjeto-de-discurso é introduzido no texto, com base em algum tipo de associação com elementos explícitos ou implícitos (contexto situacional, histórico etc). A essa associação semântica entre as palavras dá-se o nome de anáfora indireta ou associativa (ver página 127 do livro-texto). Existe, nesse caso, um elemento de relação, chamado de âncora, decisivo para a interpretação do novo referente.Veja o exemplo abaixo:
DIREITOS RESERVADOS Proibida a reprodução total ou parcial desta publicação sem o prévio consentimento, por escrito, da Anhanguera Educacional.

 

I) A polícia encontrou o carro roubado. Os pneus estavam furados. Não nos causa estranheza o novo referente “pneus”, pois ele tem como âncora o referente inicial “carro”, do qual é parte integrante.

II) João foiassassinado no parque. A faca foi encontrada nas proximidades. Neste caso, nosso conhecimento de mundo sobre as maneiras de alguém ser morto nos leva a reconhecer o novo referente “faca” como o instrumento utilizado no assassinato de João.

Uma vez introduzido, o referente pode ser reiterado de outras maneiras, por meio, por exemplo, das estratégias de retomada ou manutenção do referente. Constrói-seuma cadeia de referenciação, tornando possível ao leitor perceber os elementos linguísticos que mantêm entre si uma relação de interdependência. Além da retomada do referente, esses termos acrescentam-lhe novas informações. No texto, dois tipos de relação com o referente podem ser estabelecidas: a anáfora e a catáfora. Na primeira, o elemento linguístico retoma um referente já expressoanteriormente; no segundo caso – o da catáfora – o item coesivo aponta para seu referente, que vem após ele. A retomada pode ocorrer por meio dos seguintes mecanismos: • Substituição gramatical: palavras gramaticais como pronomes pessoais, possessivos, demonstrativos, indefinidos, interrogativos; verbos; advérbios de lugar e tempo; numerais. A elipse ou substituição por zero (Ø) também pode ocorrer. •Substituição lexical: quando um elemento da superfície textual é reiterado por meio de termos sinônimos, hiperônimos, hipônimos, expressões nominais definidas e indefinidas, de nominalizações. A expressão nominal definida é constituída, basicamente, por um determinante definido (artigo definido ou pronome demonstrativo) seguido de um nome. A indefinida difere da primeira quanto ao artigo ou pronome...
tracking img