Aula de lubrificação industrial

A UU AL A L

45 Lubrificação I
A

45

A

extrusora de plástico de uma empresa começou a apresentar funcionamento irregular. Depois de examiná-la, um funcionário descobriu que ela estava como mancal danificado. O supervisor quis saber a causa do problema. - Bem, - disse o funcionário - a causa é a falta de lubrificação. O supervisor procurou o responsável pela lubrificação e verificouque ele não estava lubrificando as máquinas nos períodos certos. Esse fato salienta a importância da lubrificação de máquinas em períodos regulares e com lubrificantes adequados. Nesta aula, estudaremosas propriedades dos lubrificantes e como fazer a lubrificação.

Introdução

Propriedades dos lubrificantes
A escolha correta de lubrificantes deve levar em consideração suas principaispropriedades: poder adesivo (aderência), viscosidade (coesão), ausência de ácidos, pureza química, resistência ao envelhecimento, pontos de inflamação e de congelamento aparente e pureza mecânica. Vamosanalisar cada uma dessas características.

Aderência Para que possa ser arrastado e comprimido no espaço intermediário entre as peças, o lubrificante deve aderir às superfícies deslizantes. Umlubrificante de pouca aderência não consegue entrar no espaço inter-peças devido à resistência que as peças oferecem à sua entrada. Sem aderência, o lubrificante se solta e ocorre atrito entre as peças.Viscosidade A viscosidade do lubrificante é necessária para evitar o rompimento da camada aderida às superfícies deslizantes; senão, seria impossível a formação de uma película contínua e resistente delubrificante.

A U L A

45
Graus Engler são valores relativos que indicam a proporção entre o tempo requerido por uma determinada quantidade de lubrificante para fluir através de um tubo com certasdimensões.

O nível de atrito fluido depende da viscosidade, ou seja, da resistência da camada lubrificante. A viscosidade é, portanto, uma forma de resistência ao atrito em um deslizamento...