Auditoria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1866 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
OS RECURSOS DA TI APLICADOS Á ATIVIDADE CONTÁBIL (HARDWARE E SOFTWARE)

A Tecnologia da Informação e a Atividade Contábil

Em 1991, Thompson iniciou assim um artigo publicado pela Revista de Contabilidade, compare estas duas cenas. Um atarefado empregado com a gravata afrouxada, maneja uma pesada maquina, faz lançamentos contábeis em uma ficha, atrás da qual há uma folha com carbono. Depoistranscreve essas informações no Diário, por meio de gelatina. Ou, então, um operador faz os mesmo lançamentos em um microcomputador com velocidade cinco vezes maior, deixando para o programa a elaboração de relatórios, que depois serão emitidos pela impressora. É a diferença entre usar ou não a informática como ferramenta no dia-a-dia do profissional da contabilidade. (Thompson, 1991, p. 22).Na atualidade podemos acrescentar a estas, uma terceira cena para comparação. Um cliente, em sua residência, acessa o site de uma loja, escolhe o produto desejado e efetua a compra. O sistema da loja, ao receber o pedido de compra, desencadeia o processo de identificação do local onde está armazenado o produto e expede, eletronicamente, a ordem de fornecimento. No momento em que o produto éexpedido e o documento fiscal de saída é emitido, o sistema atualiza o banco de dados da empresa gerando os registros em todos os setores envolvidos na transação, inclusive a contabilidade.
Estas três cenas ilustram bem o impacto que a evolução tecnológica vem gerando na contabilidade. Os processos de execução do trabalho contábil foram, radicalmente, alterados nas ultimas décadas, assim como aspossibilidades de geração de informação contábil.
A introdução da informática no inicio da década de 1980 já havia alterado, consideravelmente, os processos de trabalho, facilitando o registro das operações e a emissão de relatórios, porem, foi a partir do final da década de 1980 que uma verdadeira revolução começou a acontecer. Esta revolução decorre da ligação entre a informática e as comunicações, ealteram o papel da informática dentro das empresas e, por conseqüência, afetam diretamente a atividade contábil.
Na segunda metade da década de 80, a informática começa a superar sua função original de agilizar tarefas operacionais para transformar-se em recurso na busca de vantagens competitivas. A computação e a telefonia começam a se fundir, abrindo a estrada para a tecnologia da informaçãotal qual a conhecemos hoje. Essa evolução prepararia o solo para a integração de sistemas que elevaram os computadores a um papel estratégico dentro das empresas. (EXAME, 2002. p.94).
A então nascente tecnologia da informação evoluiu rapidamente e na atualidade vemos que os novos recursos tecnológicos e as mudanças de hábitos que eles provocam, nas empresas e na sociedade, oferecem à contabilidadea oportunidade da velocidade e da interatividade, possibilitando um grau de flexibilidade e precisão da informação, em tempo real, até poucos anos impensável para o sistema de informações (Catelli e Santos, 2001, p. 26).
Ao mesmo tempo em que trazem novas oportunidades, as novas tecnologias também trazem novos desafios, decorrentes das novas formas de realizar negócios surgidos no mercado, Paivase pergunta.
Como controlar, eficientemente, os efeitos sobre o patrimônio das organizações diante de operações realizadas por intermédio de comercio eletrônico (internet), home-banking, código de barras, venda direta ao consumidor (por meio de maquinas automatizadas), venda por TV interativa, produção flexível, integração vertical com fornecedores, alianças com concorrentes, e tantas outrasestratégias competitivas? (2002, p.80)
Essas são algumas situações que já estão postas, e para as quais os profissionais de contabilidade têm empreendido esforços para encontrar soluções adequadas. São soluções que passarão pelo desenvolvimento de novas teorias e de novas técnicas para controlar as operações e demonstrar seus resultados.
Porém, uma outra situação de natureza mais cultural...
tracking img