Auditoria operacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2347 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo de Auditoria



Assunto:


AUDITORIA OPERACIONAL

























AUDITORIA OPERACIONAL




I - CONCEITO


Auditoria Operacional consiste em avaliar as ações gerenciais e os procedimentos relacionados ao processo operacional, ou parte dele, dos Órgãos ou Entidades da Administração Pública Federal, programas de governo, atividades, ousegmentos destes, com a finalidade de emitir uma opinião sobre a gestão quanto aos aspectos da eficiência, eficácia, economicidade, efetividade e qualidade, procurando auxiliar a administração na gerência e nos resultados, por meio de recomendações que visem aprimorar os procedimentos, melhorar os controles e aumentar a responsabilidade gerencial.


II - OBJETIVOS


1.Comprovar a conformidade àsdiretrizes, políticas, estratégias e ao universo normativo;

2. Avaliar os controles internos;

3. Identificar procedimentos desnecessários ou em duplicidade e recomendar sua correção;

4. Identificar as áreas críticas e riscos potenciais e proporcionar as bases para sua solução;

5. Melhorar o desempenho e aumentar o êxito das organizações por meio de recomendações oportunas efactíveis;


6. Avaliar as medidas adotadas para a preservação dos ativos e do patrimônio e para evitar o desperdício de recursos;

7. Aferir a confiabilidade, segurança, fidedignidade e a consistência dos sistemas administrativos, gerenciais e de informações;

8. Avaliar o alcance dos objetivos e metas identificando as causas de desvio do seu atingimento, quando houver;

9. Identificar áreas queconcorrem para aumento e/ou diminuição de custos e/ou receitas;

10. Recomendar e assessorar a implantação de mudanças.
III - METODOLOGIA DE ABORDAGEM PARA TRABALHOS DE AUDITORIA OPERACIONAL


A presente metodologia para abordagem de trabalhos de Auditoria Operacional prevê pelo menos nove etapas, e diversos passos em cada uma, para a sua realização e leva em conta que há a necessidadede se hierarquizarem as prioridades ao longo do tempo em função da materialidade, riscos e mudanças de cenário tendo em vista que os recursos disponíveis são escassos e os custos elevados.

Na realidade atual do Sistema de Controle Interno - SCI, onde estes trabalhos serão desenvolvidos em Órgãos ou Entidades já do conhecimento do Sistema, alguns passos poderão ser eliminados, bem como outros acritério de quem planejar a abordagem, poderão ser adicionados.

As nove etapas são:

I - ANÁLISE DE RISCO DAS UNIDADES
II - HIERARQUIZAÇÃO E PRIORIZAÇÃO DAS UNIDADES

III - PLANEJAMENTO DE LONGO PRAZO E IDENTIFICAÇÃO DE CICLOS DE AUDITORIA
IV - LEVANTAMENTOS PRELIMINARES
V- PLANEJAMENTO DO TRABALHO DA UNIDADE SELECIONADA E ELABORAÇÃO DE PROGRAMA ESPECÍFICO
VI - EXECUÇÃO DOSTRABALHOS DE CAMPO
VII - ELABORAÇÃO DO RELATÓRIO COM RECOMENDAÇÕES
VIII - ACOMPANHAMENTO DA IMPLEMENTAÇÃO DAS RECOMENDAÇÕES.
IX - REALIMENTAÇÃO DO SISTEMA DE INFORMAÇÕES GERENCIAIS COM OS NOVOS ELEMENTOS COLHIDOS DURANTE A AUDITORIA





I - ANÁLISE DE RISCO DAS UNIDADES


De posse de informações coletadas ao longo do exercício, tais como balanços orçamentários e financeiros,denúncias, notícias de jornais, relatório de atividades, relatórios e pareceres de auditoria interno e externo, diligências das áreas de contabilidade analítica, pessoal e fiscalização, relatórios de acompanhamento de programas de governo, convênios, contratos, processos administrativos, sindicâncias, etc, a unidade de auditoria elabora a Composição de Criticidade que representa o conjunto de indícios econstatações relevantes passíveis de exames auditoriais. Trata-se da composição dos problemas efetivos ou potenciais identificados, por unidade, em determinado período de tempo.

Em função desses elementos monta-se uma Matriz de Risco, levando-se em consideração também as melhorias implantadas pela unidade e as economias obtidas que são elementos de diminuição de riscos. As principais...
tracking img