Atualidades enem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 41 (10006 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Condições climáticas favorecem a colheita do café em Minas Gerais
Tempo seco e baixa umidade do ar são aliados dos produtores.
Trabalho está terminando nas lavouras do estado.
Os produtores de café de Minas Gerais[->0] estão terminando a colheita dos grãos. O tempo seco e a baixa umidade do ar são aliados dos produtores nesta fase de trabalho na lavoura.

O cafeicultor Osvaldo HenriqueRibeiro, que tem uma lavoura de 120 hectares de café no município de Varginha, deve colher tres mil sacas. “A colheita aqui está em 70%. Ainda tem 30% para colher”, diz
A estiagem tem favorecido os produtores na reta final de colheita. Sem chuva, o café colhido vai para o terreiro, onde é deixado por cerca de dois ou três dias. Como o grão está praticamente seco, o processo é acelerado.
O sul deMinas Gerais passa por um momento de seca. Na região são registrados mais de 40 dias sem chuva. Mas por causa da chuva de junho as lavouras ainda não sentiram os efeitos da estiagem.
Rebanho de bovinos do país cresceu menos em 2011, mostra IBGE
Alta foi de 1,6%; Brasil tem segundo maior rebanho do mundo.
Produção de leite tem baixa eficiência, aponta instituto.
A população brasileira de bovinosalcançou 212,8 milhões de cabeças em 2011, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (18) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), um crescimento de 1,6% em relação a 2010, quando havia 209,5 milhões de animais. A alta, no entanto, ficou abaixo da registrada no ano anterior, de 2,1% em relação a 2009.
Segundo o IBGE, o rebanho brasileiro é o segundo maior do mundo, perdendoapenas para a Índia – onde os bovinos não são comerciais. Na produção de carne bovina, no entanto, o Brasil perde para os Estados Unidos, “o que evidencia a eficiência produtiva daquele país neste setor”, diz o instituto na pesquisa. A produção per capita de carcaça bovina brasileira ficou em torno de 35 kg/habitante/ano.
Entre os estados, Mato Grosso tem o maior rebanho bovino do país,equivalente a 13,8% do total, seguido por Minas Gerais, com 11,2%; Goiás, com 10,2%; e Mato Grosso do Sul, com 10,1%. São Félix do Xingu, no Pará, no entanto, era o município com o maior número de animais, ou 1,0% do efetivo nacional, seguido por Corumbá (MS) e Ribas do Rio Pardo (MS).
Produção de leite
Em 2011, a produção total de leite foi de 32,091 bilhões de litros, com uma alta de 1,3% no número devacas ordenhadas na comparação com o ano anterior, e um crescimento de 4,5% na produção do produto.
Mas o instituto aponta que a eficiência da produção de leite brasileira, de 1.382 litros anuais por vaca, é baixa, sendo superada “em muito” pelas obtidas pela União Europeia (5.978 litros/vaca/ano), Estados Unidos (5.710 litros/vaca/ano), China (4.166 litros/vaca/ano) e Índia (1.973litros/vaca/ano). Ainda assim, o Brasil ocupou, em 2011, a sexta posição mundial na produção de leite, por possuir o terceiro maior número de vacas em lactação do mundo.
“Ressalta-se, no entanto, que esta produtividade é bastante variável em nível nacional, desde 309 litros/vaca/ano, em Roraima, a 2.536 litros/vaca/ano no Rio Grande do Sul”, diz o IBGE.
Búfalos, porcos e frango
O efetivo de bubalinos, no anode 2011, foi de 1,277 milhão de cabeças, uma alta de 7,8% em relação ao ano anterior. A maior parte está concentrada nas regiões Norte e Nordeste, com o estado do Pará, sozinho, tendo 38% do total do país, seguido por Amapá (18,4%) e Maranhão (6,5%).
Em 2011, o Brasil possuía o quarto maior rebanho mundial de suínos, ficando atrás da China, da União Europeia e dos Estados Unidos (LIVESTOCK,2011). O país destacou-se também na produção de carcaça de frangos, ocupando a terceira posição mundial, atrás dos Estados Unidos e da China. A produção de carcaça per capita ficou em torno de 59 kg/habitante/ano.

Dilma Rousseff sanciona com vetos a lei que modifica o Código Florestal
Anúncio foi feito pela ministra do Meio Ambiente Izabella Teixeira.
Veto mais polêmico foi sobre a recomposição...
tracking img