Atresia de esôfago

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1194 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Atresia do Esôfago: Evolução do Tratamento
Esophageal Atresia: Evolution of the Treatment
Uenis Tannuri1, Ricardo Frank Coelho da Rocha2, João Gilberto Maksoud3. Serviço de Cirurgia Pediátrica do Instituto da Criança "Prof. Pedro de Alcântara". Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP Unitermos: Atresia de esôfago, nutrição parenteral Keywords: Esophageal atresia, parenteralnutrition

RESUMO

Apresenta-se uma atualização no diagnóstico e tratamento pré e pós operatório da atresia do esôfago, com base no estudo de 45 recém-nascidos tratados no Serviço de Cirurgia Pediátrica do Instituto da Criança "Prof. Pedro de Alcântara", nos últimos seis anos. Foram analisados o momento do diagnóstico, as malformações associadas, o número de casos em que foi necessária a assistênciaventilatória, o tipo de suporte nutricional endovenoso, o tempo de preparo pré-operatório é, finalmente, a utilidade da gastrostomia descompressiva no preparo préoperatório. Verificou-se que em 6 crianças o diagnóstico foi suspeitado no período ante-natal, através da ultrassonografia materna e, em todos os outros, o diagnóstico foi feito após o nascimento, quando havia salivação abundante ousufocação durante as mamadas. As cardiopatias foram as principais malformações associadas

(20%) e, em 18 recém-nascidos (40%) foi necessária assistência ventilatória mecânica. O preparo pré-operatório foi realizado em períodos que variaram de 24 horas a 49 dias, utilizando-se nutrição parenteral em 41 casos (91,1%). A descompressão gástrica, através de gastrostomia, outrora realizadarotineiramente, foi indicada apenas quando havia distensão abdominal ou necessidade de longo período de preparo préoperatório (25 casos - 55,5%). Seis crianças faleceram no pós-operatório, em decorrência de cardiopatia associada, deiscência da anastomose esofágica ou prematuridade extrema, sendo estes, portanto, os principais fatores de prognóstico. Concluiu-se também que, graças ao aprimoramento técnico daequipe de cirurgiões, pediatras e de enfermagem, o índice de sobrevida (86,6%) foi significativamente maior (p 0,5 ou baixa capacidade de ventilação (pCCh > 60mmHg e pH sangüíneo < 7,25). A assistência ventilatória mecânica foi feita com respiradores ciclados por tempo com fluxo constante. Os recém-nascidos foram nutridos por via intravenosa, através de veias periféricas ou cateter venoso central. Ascrianças que se apresentavam em boas condições clínicas, em que a perspectiva de período de jejum era inferior a quatro dias, foram mantidas em

Métodos
O diagnóstico da afecção foi feito pelo neonatologista e confirmado pelo cirurgião-pediatra, com base na sintomatologia clínica. Em alguns casos, a ultrassonografia materna, feita no último trimestre da gravidez, forneceu imagens sugestivas damalformação. Na sala de parto, o sinal indicativo do diagnóstico foi a impossibilidade de passagem da sonda nasogástrica. No berçário, os sinais clínicos mais importantes foram salivação abundante, crises de cianose e sufocação às mamadas (Fig. 1). O diagnóstico foi confirmado por radiografia simples de tórax, injetando-se 20 ml de ar através da sonda oroesofagíana, com o objetivo de contrastar ocoto proximal do esôfago atrésico (Fig. 2).

hidratação parenteral. A nutrição parenteral foi inicialmente realizada através de veias periféricas, sendo que nos casos de dificuldade de acesso venoso periférico, optou-se por cateterizaçao venosa central9. Este procedimento foi realizado através de flebotomia sob anestesia local, sendo a veia axilar, jugular externa, faT ciai e finalmentejugular interna as opções em ordem decrescente. O cateter utilizado foi sempre do tipo si-

licone e exteriorizado por contra abertura. Nos casos de distensão abdominal ou quando havia previsão de tempo de preparo pré-operatório muito longo (superior a 15 dias), foi realizada gastrostomia descompressiva. Os recém-nascidos foram classificados de acordo com os critérios prognósticos propostos...
tracking img