Atps

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1601 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ETAPA 2
Esta atividade é importante para que você compreenda o conceito de Filosofia,
relacionando-o com as formas de conhecimento e as linhas do Serviço Social.
Para realizá-la, devem ser seguidos os passos descritos.
PASSOS
Passo 1 (Equipe)
1 Pesquisar, ouvir e copiar, a música indicada a seguir:
• Comida, de Arnaldo Antunes, Marcel Fromer e Sérgio Brito, 1987.

Bebida é água! Comida é pasto!Você tem sede de que? Você tem fome de que?... A gente não quer só comida A gente quer comida Diversão e arte A gente não quer só comida A gente quer saída Para qualquer parte... A gente não quer só comida A gente quer bebida Diversão, balé A gente não quer só comida A gente quer a vida Como a vida quer... Bebida é água! Comida é pasto! Você tem sede de que? Você tem fome de que?... A gente nãoquer só comer A gente quer comer E quer fazer amor A gente não quer só comer A gente quer prazer Prá aliviar a dor... A gente não quer Só dinheiro A gente quer dinheiro E felicidade A gente não quer Só dinheiro A gente quer inteiro E não pela metade... Bebida é água! Comida é pasto! Você tem sede de que? Você tem fome de que?... Diversão, balé Como a vida quer Desejo, necessidade, vontadeNecessidade, desejo, eh! Necessidade, vontade, eh! Necessidade...


Trata da fome que temos de educação, arte, lazer, conhecimentos, cultura, emprego, etc.
A busca da superação dos medos. A busca daquilo que lhe falta. E, se quisermos um passo a mais poderemos acenar para o sentido da existência humana. Trata-se de uma existência sem sentido em si mesma. Entretanto e já que ela não tem sentido, cabe ao serhumano, em seu processo de trabalho, produzindo cultura, produzir, também o sentido da existência. Já que a existência não tem sentido cabe ao ser humano dar-lhe um sentido.
Se em todas as sociedades encontramos homens desempenhando ações básicas como comer, dormir, reproduzir-se.
Na letra da música “Comida” leva a entender que o homem não quer apenas comer, dormir e se reproduzir. O homematualmente tem mais necessidades, tais as quais são desenvolvidas pela vida em sociedade. “A gente não quer só comer, A gente quer prazer pra aliviar a dor.” A dor a que se refere a música é a dor causada pelo trabalho árduo, pela vivência, e pelas dificuldades da vida social.

A “fome da alma” e a comida que como forma de alimento não são os mesmo tipos de comida. A “fome da alma” é a fome de descanso,de paz, do prazer.











ETAPA 2 - Refletir Sobre a Música Mulher De Erasmo Carlos, e a Trajetória Da Mulher No Século XX

Mulher (Sexo Frágil)
Erasmo Carlos

Dizem que a mulher
É o sexo frágil
Mas que mentira
Absurda!
Eu que faço parte
Da rotina de uma delas
Sei que a força
Está com elas...

Vejam como é forte
A que eu conheço
Sua sapiência
Não tem preço
Satisfaz meu ego
Se fingindosubmissa
Mas no fundo
Me enfeitiça...

Quando eu chego em casa
À noitinha
Quero uma mulher só minha
Mas prá quem deu luz
Não tem mais jeito
Porque um filho
Quer seu peito...

O outro já reclama
A sua mão
E o outro quer o amor
Que ela tiver
Quatro homens
Dependentes e carentes
Da força da mulher...

Mulher! Mulher!
Do barro
De que você foi gerada
Me veio inspiração
Prá decantar você
Nessa canção...Mulher! Mulher!
Na escola
Em que você foi
Ensinada
Jamais tirei um 10
Sou forte
Mas não chego
Aos seus pés...

Além de verificarmos a imagem da mulher construída em cada um dos supracitados estilos, objetivamos também observar como a música está perpetuando a violência simbólica contra a mulher.
A metodologia consiste no recorte dos enunciados, no agrupamento destes em discursos, nacaracterização e análise de seus conteúdos, na verificação da imagem feminina construída em cada estilo musical e também na observação da presença de violência simbólica contra a mulher.
A investida sobre a mulher (seu corpo, sua sexualidade, atitudes e comportamentos) é recorrente nas letra desta música e, na voz de um cantor consagrado que é o Erasmo Carlos, o retrato negativo da imagem feminina...
tracking img