Atps

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1115 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Projetos: Repensar as situações de aprendizagem: o fazer e o compreender
O fato de o aprendiz resolver tarefas ou desenvolver projetos é suficiente para que ele construa conhecimento? Será que estas construções podem ocorrer espontaneamente? Certamente não. Os estudos sobre este tema indicam que a construção está relacionada com a qualidade da interação.
Nada impede que o aprendiz possaconstruir conhecimento interagindo com a informação ou desenvolvendo projetos. Estas construções necessitam do auxílio de indivíduos mais experientes, que possam facilitar o processamento da informação ou a sua organização, de modo a tornar esse processo mais acessível.
Fazer e compreender
Os processos de ensino-aprendizagem ainda são muito baseados na ideia de que o aluno demonstra que aprendeu seele é capaz de aplicar com sucesso as informações adquiridas.
A criança pode fazer uma determinada tarefa, mas não compreender como ela foi realizada, nem estar atenta aos conceitos envolvidos na tarefa.
Na tarefa de derrubar os dominós, a criança é solicitada a organizar dominós em uma linha, de modo que se o primeiro é derrubado, este cai sobre o segundo, que derruba o terceiro e, assim pordiante, até que todos caiam em sequência. Crianças consideradas na primeira fase são capazes de construir a sequência de dominós, porém não entendem que a distância entre elas é um elemento importante. A passagem da primeira fase para a segunda acontece porque as crianças, no processo de construir a sucessão de dominós, observam que se os dominós estão muito distantes, um não pode cair sobre o outro,ou um não pode “tocar” o outro. Daí, elas corrigem a distância entre os dominós e se dão conta de que a distância entre eles tem que ser tal, para que um possa cair sobre o outro. Porém, para estas crianças, os dominós têm que estar paralelos uns aos outros e, por conseguinte, a sucessão de dominós só pode estar em uma linha reta. Os dominós não podem ser organizados de modo que um esteja umpouco para o lado do outro, de forma que a sucessão possa estar na forma de uma diagonal ou uma linha circular. Crianças da terceira fase podem coordenar todos os elementos envolvidos na tarefa: - distância, direção e peso do dominó. Elas entendem que, contanto que cada dominó caia sobre o subsequente, a sucessão de dominós cairá. As crianças são capazes de organizar os dominós de modo que eles caiamem uma linha circular ou diagonal. Também entendem que quanto menor a distância entre os dominós, mais rapidamente a sequência cairá, e se os dominós são muito leves (feitos de plástico) menores deve ser a distância entre eles, de modo que um dominó caia sobre o outro, ao invés de simplesmente tocá-lo. Não é necessário ter muita imaginação para fazer uma analogia com os procedimentos que ascrianças usam para fazer divisão de números ou a memorização de fatos históricos para “entender” história. As relações que acontecem no ambiente de aprendizagem devem determinar novos papéis a serem assumidos pelos diferentes profissionais que atuam na escola. Isto significa implantar mudanças na relação entre pessoas e na qualidade das interações que os alunos deverão ter com os objetos e atividadesrealizadas. Não será mais o fazer, chegar a uma resposta, mas a interação com o que está sendo feito, de modo a permitir as transformações dos esquemas mentais. A solução para uma educação que prioriza a compreensão é o uso de objetos e atividades estimulantes para que o aluno possa estar envolvido com o que faz.
Educação por projeto
O desenvolvimento de projetos educacionais como estratégiapedagógica tem sido uma tentativa de tornar a aprendizagem contextualizada no interesse do aluno e relacionada com as situações familiares ao aprendiz, como sugere Paulo Freire (1970). O uso de “projetos de trabalho”, como proposto por Hernández e Ventura (1998), e “projeto de aprendizagem”.
A proposta da educação por projetos é uma tentativa de unir dois mundos que coexistem separadamente: a vida e...
tracking img