Atps

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2274 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Relatório de Física

Experimento:

Equilibrio em um Plano Inclinado

|

Índice: Pag.

Resumo..............................................................................................................3.

Objetivo........................................................................................................... 4

Introdução Teórica............................................................................................ 5

Parte Experimental..............................................................................................10

Resultados eDiscussões....................................................................................13

Conclusões.........................................................................................................14

Bibliografia..........................................................................................................15

Resumo:

A experiência consiste na determinação das forças que atuam em um plano inclinado, demonstrandoas Leis de Newton.

A experiência ocorreu no laboratório de química no dia 24 de Agosto de 2010, supervisionada pelo professor de Física Sr. Guilherme Simões, onde ele nos mostrou de forma simples e objetiva as etapas das medições utilizando um dinamômetro em cada ângulo que era inserido no carrinho com peso. A partir daí iniciamos os trabalhos e tiramos algumas conclusões desse experimento.Os resultados obtidos na prática foram discutidos entre os componentes do grupo de estudo e feito os cálculos das forças exercidas horizontalmente em cada situação.

Objetivo:

A experiência consiste em reconhecer as condições de equilíbrio estático, determinar as forças que atuam em um plano inclinado e encontrar as componente da força e peso em um plano inclinado.

Introdução Teórica:Primeira lei de Newton
INERCIA
Um corpo que está em movimento, tende a continuar em seu estado de movimento em linha reta e velocidade constante. E um corpo que está em repouso tende a continuar em repouso. Primeira Lei de Newton ou Princípio da Inércia A partir das idéias de inércia de Galileu, Isaac Newton enunciou sua Primeira Lei com as palavras:
"Todo corpo permanece em seu estado derepouso ou de movimento uniforme em linha reta, a menos que seja obrigado a mudar seu estado por forças impressas a ele".
A primeira lei de Newton pode parecer perda de tempo, uma vez que esse enunciado pode ser deduzido da Segunda Lei:
F=a.m
Se F=0, existem duas opções: Ou a massa do corpo é zero ou sua aceleração. Obviamente como o corpo existe, ele tem massa, logo sua aceleração é que é zero, econseqüentemente, sua velocidade é constante. No entanto, o verdadeiro potencial da primeira lei aparece no quando se envolve o problema dos referenciais. Numa reformulação mais precisa:
"Se um corpo está em equilíbrio, isto é, a resultante das forças que agem sobre ele é nula, é possível encontrar ao menos um referencial, denominado inercial, para o qual esse corpo está em repouso ou em movimentoretilíneo uniforme"
Essa reformulação melhora muito a utilidade da primeira lei de Newton. Para exemplificar tomemos um carro. Enquanto o carro faz uma curva, os passageiros têm a impressão de estarem sendo "jogados" para fora da curva. É o que chamamos de força centrífuga. Se os passageiros possuírem algum conhecimento de Física tentarão explicar o fenômeno com uma força. No entanto, se pararempara refletir, verão que tal força é muito suspeita. Primeiro: ela produz acelerações iguais em corpos de massas diferentes. Segundo: não existe lugar nenhum onde a reação dessa força esteja aplicada, contrariando a 3ª Lei de Newton. Como explicar a misteriosa força?
O erro dos passageiros foi simples. Eles não escolheram um referencial inercial. Logo, obviamente as leis de Newton falhariam,...
tracking img