Atps logistica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1021 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1 -Porta-Pallets: Estrutura onde as prateleiras são substituídas por plano de carga (longarinas). Este sistema tem 100% de seletividade, porém baixa densidade de estocagem.
Porta-Pallets Vantagens
1 -Localização e movimentação de qualquer palletsem a necessidade de se mover outros pallets;
2 -Possibilidade de rearranjos para acomodar cargas de alturas variáveis;
3 -Adapta àcargas derotação relativamente alta
4
Porta-Pallets Limitação
1 -Baixa densidade de estocagem;
2 -Em pé-direito superior a 8 m, énecessário utilizar equipamentos -especiais.

2 - “Drive-in” : sistema constituído por um bloco contínuo de estruturas não separadas por corredores intermediários.

Vantagens
1 -Alta densidade de armazenagem, graças a eliminação de corredores intermediários;2 -Pode armazenar o mesmo número de palletsque um porta-palletscomum na metade da área.
3
4 -O sistema permite a utilização de empilhadeiras comuns, com pequenas modificações para proteção do operados;

5 -Pode armazenar o mesmo número de palletsque um porta-palletscomum na metade da área.

3 - Cantillever : é ideal para armazenar produtos com dimensões, formas, volumes epesos variados (tubos metálicos, PVC, madeira).
6

4 - Racks: O emprego na indústria e CD´s, tem sido bastante grande , em função do grande volume de armazenagem, como também deslocamentos do ponto de armazenagem à linha de produção.

5 - Transportadores Contínuos:
São mecanismos destinados ao transporte de graneis e volumes em percursos horizontais, verticais ou inclinados, fazendo curvasou não e com posição de operação fixa. São formados por um leito, onde o material desliza em um sistema de correias ou correntes sem fim acionadas por tambores ou polias.

Principais tipos são: Correias planas ou côncavas, elemento rolantes: rodízios, rolos ou esferas,
correntes : aéreas ou sob piso, taliscas e elevador de caçamba contínuo. 

São utilizados onde haja grande fluxo de material aser transportado em percursos fixo.

6 - Embalagem: Embalar um produto significa dar-lhe forma para sua apresentação, proteção, movimentação e utilização, a fim de que possa ser comercializado e manipulado durante todo o seu clico de vida. A embalagem precisa ser idealizada, levando-se em conta que uma mercadoria deverá passar por três fases de manuseio, quando comercializada, quais sejam:
-no local da produção, quando será embalada e armazenada;
- no transporte, quando sofrerá os efeitos do seu deslocamento de um ponto a outro, incluindo os transbordos;
- no seu destino final, quando terá outras manipulações.
A embalagem pode ser primária, de consumo, e proteger diretamente o produto. Ou secundária, de transporte, servindo para proteger a embalagem primária.

7 - Equipamentosde elevação e transferência:
São equipamentos destinados a mover cargas variadas para qualquer ponto dentro de uma área fixa, onde a função principal é transferir. 
Os tipos mais comuns são: talhas, guindastes fixos, Ppntes rolantes, pórticos e semi-pórticos.

São aplicados onde se deseje transferir materiais pesados, volumosos e desajeitados em curtas distâncias dentro de uma fábrica.

8 -Unitização
Corresponde à alocação de um conjunto de mercadorias em uma única unidade com
dimensões padronizadas, o que facilita as operações de armazenamento e movimentação da carga sob forma mecanizada. Não constitui propriamente uma embalagem, é um acessório para o deslocamento ou tranporte de carga, não integrando o produto ou o conjunto de produtos armazenados.

9 - Mariner – Slings:
Sãocintas de material sintético, que formam uma rede, com dimensões padronizadas, geralmente utilizadas para sacaria. Dependendo do embarque, seguem com a carga até o destino ou apenas até o porão do navio, quando são retirados.

10 - Big-Bag:
São sacos de material sintético, com fundo geralmente circular ou quadrado, utilizados freqüentemente para produtos industrializados em grãos e pós, em...
tracking img