Atps etapa 5-imposto de renda e depreciaçao da analise de investimento

5º Etapa
Os conceitos de Depreciação e Imposto de Renda
A depreciação e o imposto de renda têm um efeito positivo ou negativo em algum investimento.
Imposto de Renda: é um tributo cobrado em quasetodos os países do mundo. Com esse tributo temos como base o cálculo do lucro contábil (a diferença entre receitas ou lucros/despesas). Quando fazemos a análise de investimentos, não nos preocupamoscom o lucro contábil e sim com o fluxo de caixa gerado pelo projeto do investimento.
Depreciação: é uma despesa contábil que percebe quando um ativo perde valor ao longo do tempo. Com essa perda gerauma despesa, que abate no lucro operacional, portanto, diminuiu a base de cálculo do imposto de renda. Essa é uma despesa “não-caixa”, que não há fluxo de caixa negativo (saída de dinheiro do caixa).Depois dessas definições, vamos explicar como funciona cada um deles, começando com a Depreciação.
Depreciação
A depreciação demonstra a vida útil de algum equipamento. O cálculo é feito de formalinear, ou seja, uma taxa fixa por ano acima do valor inicial do ativo. Exemplo:
• Computadores / Equipamentos de informática: três anos – depreciação de 33,3% ao ano.
• Veículos / Automóveis eCaminhões: cinco anos – depreciação de 20% ao ano.
• Máquinas e Equipamentos: dez anos – depreciação de 10% ao ano.
• Prédios / Instalações: 25 anos – depreciação de 4% ao ano.

Esses valoresdescritos acima são determinados pela legislação tributária. Com isso, a depreciação pode ser maior ou menor que o valor para fins de legislação fiscal. As empresas são obrigadas a seguir essa legislação edepreciação.

Imposto de Renda
O Imposto de Renda é quando as pessoas declaram seus gastos como pessoas físicas (IRPF) e pessoas jurídicas (IRPJ). O fator gerador é a disponibilidade econômica oujurídica de renda ou proventos de qualquer natureza. Para complementar o Imposto de Renda é a Contribuição Social Lucro Líquido (CSLL).
Existem duas formas de tributação de IRPJ:
• IRPJ e CSLL sobre...