Atps eletrica basica - anhanguera

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2634 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE ANHANGUERA UNIABC






CST EM MECATRÔNICA INDUSTRIAL




ELETRICIDADE BÁSICA




Nome: Daniel Ulian


Nome: Kleber Rodrigues


Nome: Rodrigo Montanari Ferreira


Nome: Sidnei Ferreira


Nome: Weverton Teixeira




ATPS ELÉTRICA BÁSICA




Prof. Adilson C. F. Masiero














SantoAndré
12/06/2012





Resumo






Nesse trabalho analizaremos basicamente como funciona um multimetro, amperimetro e ohmimetro, quais são suas configurações básicas, exemplificadas com cálculos bem como especificando e explicando alguns componentes com explicações para cada estágio de um multimetro, ao fim, ainda trazemos um esquema básico para se montar um multimetroanalógico, ao qual, pode-se montá-lo em casa para futuros projetos e experiências.





SUMÁRIO






TENSÃO ELÉTRICA 5
CORRENTE ELÉTRICA 6
RESISTÊNCIA ELÉTRICA 8
MULTÍMETRO 11
EXEMPLOS DE CÁLCULOS 15
ESPECIFICAÇÕES PARA MONTAGEM DE UM MULTIMETRO 17
BIBLIOGRAFIA 19



TENSÃO ELÉTRICA






Tensão Elétrica é a diferença de potencial elétrico entre dois pontos.Suaunidade de medida é o volt,o nome é homemagem ao físico italiano Alessandro Volta.Observe que a palavra voltagem nãoé o termo técnico correto; é um erro usá-la na língua portuguesa.Use sempre o termo tensão elétrica.
A tensão elétrica entre dois pontos é definida matemáticamente como a integral de linha do campo elétrico:
[pic]
Para facilitar o entendimento do que seja a tensãoelétrica pode se fazer um paralelo desta com a pressão hidráulica.Quanto maior a diferença de pressão hidráulica entre dois pontos, maior será o fluxo, caso haja comunicação entre estes dois pontos. O fluxo (que em eletrodinâmica seria a corrente elétrica) será assim uma função da pressão hidráulica (tensão elétrica) e da oposição á passagem do fluído (resistência elétrica).Este é o fundamento da leide Ohm, na sua forma para corrente contínua:
[pic]
Onde:
R= Resistência (ohms)
I = Intensidade da Corrente (amperes)
V = Diferença de potencial ou tensão (volts)
Em corrente alternada substitui – se o uso da resistência pela impedância:
[pic]


Onde:
Z = Impedância (ohms)
Pelo método fasorial, em corrente alternada, todas as variáveis da equaçãosão complexas.
Resumindo: tensão é a força que faz movimentar os elétrons.






CORRENTE ELÉTRICA







Ao se estudarem situações onde as partículas eletricamente carregadas deixam de estar em equilíbrio eletrostático passamos à situação onde há deslocamento destas cargas para uma determinada direção e em um sentido, este deslocamento é o que chamamos corrente elétrica.Estas correntes elétricas são responsáveis pela eletricidade considerada utilizável por nós.
Normalmente utiliza-se a corrente causada pela movimentação de elétrons em um condutor, mas também é possível haver corrente de íons positivos e negativos (em soluções eletrolíticas ou gases ionizados).
A corrente elétrica é causada por uma diferença de potencial elétrico (d.d. p./ tensão). Eela é explicada pelo conceito de campo elétrico, ou seja, ao considerar uma carga A positiva e outra B, negativa, então há um campo orientado da carga A para B. Ao ligar-se um fio condutor entre as duas os elétrons livres tendem a se deslocar no sentido da carga positiva, devido ao fato de terem cargas negativas, lembrando que sinais opostos são atraídos.
Desta forma cria-se uma correnteelétrica no fio, com sentido oposto ao campo elétrico, e este é chamado sentido real da corrente elétrica. Embora seja convencionado que a corrente tenha o mesmo sentido do campo elétrico, o que não altera em nada seus efeitos (com exceção para o fenômeno chamado Efeito Hall), e este é chamado o sentido convencional da corrente.
Para calcular a intensidade da corrente elétrica (i) na secção...
tracking img