Atps de processo civil 1 primeiro bimestre

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (297 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O presente trabalho versa sobre competência e seus eventuais conflitos, mormente no que tange a acidentes de trânsito.
O caso hipotético apresentado, relata sinistro de trânsitoocorrido na cidade de tal, tendo Adalberto, residente na cidade de Jundiaí/ SP, contratado serviços da Empresa “ Vá com a gente “, pessoa jurídica, com sede na cidade de Bauru/ SP.

Emdecorrência do acidente supra relatado, Adalberto, sofreu diversos danos materiais, morais e estéticos, sendo em decorrência destes, internado em hospital pelo lapso temporal de 3meses.

Diante da sua irresignação, Adalberto resolve interpor demanda indenizatória visando a reparação de todos os seus danos sofridos. Uma vez, sendo advogado de Adalberto,devendo, assim, atentar ao máximo para a satisfação de seus interesses, seria prudente se valer do disposto no Artigo 100, Parágrafo único do CPC- Nas ações de reparação do dano sofrido emrazão de delito ou acidente de veículos, será competente o foro do domicílio do autor ou do local do fato. Assim, com supedâneo no artigo supracitado, seria interposta a açãoindenizatória no local do acidente, uma vez que o autor lá encontra-se internado, sendo para este mais fácil a sua defesa em juízo naquele local em que se encontra.

Outrossim, forte nomesmo dispositivo legal, qual seja artigo 100 ara único, poderia ser interposto no domicilio do autor, uma vez sendo a este cabível a escolha.
Por outro lado, uma vez advogando para aempresa “ Vá com a gente” , poderíamos interpor exceção de incompetência, alegando ser competente o juiz do local onde a empresa possui sede, com supedâneo no Art. 100 – Inciso V, a)por ser esta pessoa jurídica devidamente inscrita em órgão competente. vejamos:
Art. 100 - É competente o foro:
V - do lugar do ato ou fato:
a) para a ação de reparação do dano;
tracking img