Atps de economia etapa 1 e 2

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1273 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
Apresentaremos uma análise econômica regional sobre Prestação de Serviço, para tanto, escolhemos a empresa Autoescola Nato (autoescola para deficientes físicos e auditivos), localizada no município de Indaiatuba, estado de São Paulo.
Essa análise econômica é apresentada, aqui, por pesquisas sobre demanda, oferta, custo e produção. Escolhemos essa empresa por ser um negócio viável(considerando o sector e o público-alvo que atende) e, por ser um monopólio, o levantamento de tais informações seriam mais fáceis.
As informações são apresentadas em um sistema de “perguntas e respostas”, de maneiras simples, claras e objetivas, seguindo os passos descritos no ATPS (fazemos vista que em se tratando de açambarcamento, as indicações “aluno” que apareceram em alguns tópicos dos passosdo ATPS foram unificadas deliberadamente) e, em alguns casos são usados gráficos para uma melhor visão das ideias apresentadas.
Etapa 1
Passo 2
Pesquisa livre
a) Quanto se vende e se compra
O valor médio do serviço oferecido pela autoescola é de R$ 600,00
São necessárias, em média, 400 matrículas para que o negócio seja ideal.
O equivale a mensalmente: R$ 240.000,00 e anualmente R$2.880.000,00

b) Comportamento do consumidor
Por ser a única a oferecer esse serviço na cidade (monopólio nesse sector), o consumidor não tem opção a não ser procura-lo em outra cidade. O que, para o mesmo, cremos não ser viável.

c) Nenhuma. (Item “b”)
Passo 3
a) Informação sobre o mercado consumidor:
60% são deficientes físicos e auditivos
Ganham em média R$ 1.500,00, o querepresenta, aproximadamente, um desembolso de 47% de sua renda. (este cálculo estatístico, está baseado no valor da média do serviço da autoescola apresentado no ponto “a” do “passo 2”, a saber R$ 600,00).

Pontos “b” e “c” – (decidimos por mescla-las, pois ao realizar a atividade compreendemos que o “histórico da evolução do mercado consumidor” mencionado no enunciado do ponto “b” equivale aos“motivos responsáveis pela evolução deste mercado” do enunciado do ponto “c”):
Pessoas portadoras de deficiência tinham vontade de aprender a dirigir, procuravam a autoescola perguntando “posso me habilitar?”, mas, não havia na cidade autoescola capacitada para atender esse público (que oferecesse esse tipo de serviço). Vendo que há mercado, surgiu então a ideia empreendedora: “Por que não trabalhar comesse mercado?”, “O que é preciso para isso?”. Assim, começou a busca pelas respostas a essas perguntas que ao mesmo tempo trouxe a capacidade e autonomia da autoescola para trabalhar com essa prestação de serviço.
d) Empresas participantes deste mercado:
Nenhuma. A Autoescola Nato é exclusiva, até o momento, na cidade, de Indaiatuba, que oferece tal serviço, um monopólio.
Passo 4
Aexistência do negócio deu-se por meio da demanda. Muitos não procuravam os meios para atender esse público, pois imaginavam que tal demanda fosse pequena e, por isso, atualmente a única autoescola atuante nesse sector é a Nato, que, com “espírito” empreendedor, foi a única que arriscou apostar na prestação de serviços de aprendizagem veicular para deficientes.
Em 2000, ano que a Nato iniciou seu trabalhocom esse público a demanda ainda era um tanto baixa, pois muitos não sabiam que já havia uma autoescola para deficientes, aos poucos a informação foi se espalhando até que a Nato se tornasse referência na cidade. Hoje ela conta com uma equipe de 9 (nove) pessoas que atuam nesse atendimento, apoio de órgãos do governo como o CIRTRAN da cidade para a indicação de onde o público pode procurar esseserviço. E, o que para muitos é ou seria uma demanda baixa, é alta. Não que a autoescola se “alegre na desgraça de outrem”, por assim dizer, mas o público não se faz apenas pessoas não habilitadas que sonham em dirigir, mas pessoas que já dirigiam, sofreram algum acidente ou enfermidade de maneira que ficaram debilitados em seus movimentos e que, de outro modo, não conseguiriam voltar a...
tracking img