Atps contabilidade de custo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1528 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de agosto de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Princípios Fundamentais na Contabilidade de Custos
Os Princípios Fundamentais da Contabilidade têm sustentado a nossa Contabilidade de Custos. Verifica-se que a maioria dos posicionamentos de nossa literatura leva-se em consideração os Princípios.

Princípio da realização da receita: determina este princípio o reconhecimento contábil do resultado (lucro ou prejuízo) apenas quando da realizaçãoda receita. E ocorre a realização da receita, em regra, quando da transferência do bem ou do serviço para terceiros. Portanto, normalmente as indústrias só reconhecem o resultado obtido em sua atividade quando da realização da receita, ou seja, no momento em que há a transferência do bem elaborado para o adquirente.
Princípio da competência ou da confrontação entre despesas e receitas. Pelarealização fica definido o momento do reconhecimento da receita. Após isso, pela competência ou confrontação temos o reconhecimento das despesas. A regra é teoricamente simples: após o reconhecimento da receita, deduz-se dela todos os valores representativos dos esforços para sua consecução (despesas).
Princípio do custo histórico como base de valor: Os ativos são registrados contabilmente por seuvalor original de entrada, ou seja, histórico.
Consistência ou uniformidade: quando existem diversas alternativas para o registro contábil de um mesmo evento, todas válidas dentro dos princípios geralmente aceitos devem a empresa adotar uma delas de forma consistente. Isso significa que a alternativa adotada deve ser utilizada sempre, não podendo a entidade mudar o critério em cada período.Conservadorismo ou prudência: o Conservadorismo obriga a adoção de um espírito de precaução por parte do contador. Quando ele tive duvida sobre ratar determinado gasto como ativo ou redução de patrimônio liquido, deve optar pela forma de maior precaução, ou seja, pela segunda-feira
Materialidade ou relevância: Essa outra regra contábil é de extrema importância para custos. Ela desobriga de umtratamento mais rigoroso aqueles itens cujo valor monetário é pequeno dentro dos gastos totais.
Princípio da Oportunidade objetiva, entre outros, o registro de elementos quantitativos e qualitativos, contemplando os aspectos físicos e monetários, com integridade e tempestivamente

• Dentro dos princípios que descrevemos acima podemos identificar algumas divergências entre os autores, verifique no quadroabaixo:

Autor Eliseu Martins Autor Vicente carioca Convergências
Princípios da realização da receita:
Estes princípios e responsável por uma das grandes diferenças entre os conceitos de lucro na economia e na contabilidade, com isto a contabilidade de custos quando aplicada em contexto da contabilidade financeira também não pode apurar resultado antes deste estante e, no Máximo pode servircomo ferramenta para previsão de credito do ponto de vista econômico.
Princípios da realização da receita:
Esse princípio padroniza e define como regra, que a receita da venda somente pode ser reconhecida quando ocorre a transferência do produto vendido para o comprador. Sendo assim, para que uma receita seja reconhecida, não basta à simples emissão da nota fiscal, é necessário que a entrega damercadoria seja comprovada por meio da assinatura, no recebimento, do comprador. Nos dois pontos de vista os autores concordam que as receitas só serão realizadas depois que as mercadorias forem entregues aos seus respectivos clientes
Princípio da competência:
Pela realização fica definido o momento do reconhecimento da receita, após isto pela competência as confrontações têm o reconhecimentodas despesas, a regra e teoricamente simples: após o reconhecimento da receita deduzem-se dela todos os valores representativos, com esses esforços podem ser subdivididos em dois grupos, despesas especificamente incorrida, e despesas incorridas Princípio da competência
Toda despesa deve ser reconhecida como tal quando ocorre o fato gerador da despesa, ou seja, quando o bem é consumido,...
tracking img