ATPS COMPORTAMENTO DO CONSUMIDOR

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 19 (4693 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de janeiro de 2015
Ler documento completo
Amostra do texto


Atividade Prática Supervisionada
Polo: Faculdade Anhanguera de Campinas
Tutor Presencial:Prof José Renaldo
Tutor EAD : Marcos Garcia
Curso: Tecnologia em Marketing


TEMA: Marketing e Comportamento do Consumidor
DISCIPLINA: Marketing e Comportamento do Consumidor


Angélica
Fernando
Raimundo
Rogério

CAMPINAS / SP
NOVEMBRO / 2014


Sumário

1. ENTENDA A CRISEECONÔMICA MUNDIAL 3
2. O CONSUMIDOR EM TEMPOS DE CRISE 5
3. RESUMO DO FILME 6
4.PARA ENTENDER A CLASSE C 7
4.1 O CONSUMIDOR DA CLASSE C SE TRANSFORMOU NUM POBRE EXIGENTE 8
4.2 O CONSUMIDOR EM ÉPOCA DE CRISE ECONÔMICA 9
5.MAIORES ECONOMIAS DO MUNDO 17
6.NOVA METODOLOGIA DO ESTUDO 18
7. BIBLIOGRAFIA 20
















1. ENTENDA A CRISE ECONÔMICA MUNDIAL
Permanecem no radar oelevado nível de endividamento público americano, a fragilidade das instituições financeiras em diversos países e os claros sinais de desaceleração da economia mundial.
Mais do mesmo
Basicamente, os problemas começaram porque as instituições financeiras emprestaram dinheiro demais para quem não podia pagar. Isso levou à falência de bancos e à intervenção governamental para evitar o colapso dosistema financeiro e uma recessão mais aguda.
Ao injetar recursos em bancos e até em empresas, no entanto, os governos aumentaram seus gastos, em um momento em que a economia mundial seguia encolhendo. O resultado não poderia ser outro: aprofundamento do déficit público, que em muitos países já era bastante elevado.
Europa endividada
Além da Grécia, países como Portugal, Irlanda, Itália e Espanhasofrem os efeitos do endividamento descontrolado e buscam apoio financeiro da zona do euro e do Fundo Monetário Internacional.
Para receber ajuda, no entanto, precisam adotar medidas de “austeridade fiscal” que, na prática, significam enxugar os gastos públicos, por meio do corte de benefícios sociais e empregos, por exemplo, e elevar a arrecadação por meio de impostos.
O problema é que essasmedidas deprimem ainda mais a economia e geram descontentamento, greves e manifestações.
Enquanto isso, nos Estados Unidos
O déficit público americano já vinha crescendo vertiginosamente nos anos 2000, respondendo em parte aos gastos exorbitantes com a guerra do Iraque, em 2003, e às perdas causadas pelo furacão Katrina, em 2005. “Já existia um problema estrutural, mas com a crise em 2008 o governoinjetou muito recurso nos bancos e empresas e isso levou a um sério aprofundamento do déficit”, afirma Martello.
Bancos em risco
Se em 2008 os bancos, principalmente americanos, sofreram com a exposição a hipotecas de alto risco, desta vez, instituições de ambos os lados do Atlântico sentem os efeitos da exposição.
É o caso dos bancos franceses, bastante expostos a títulos públicos da Grécia –país que busca com urgência nova parcela de resgate para evitar o calote.
Alguns estudos tentam estimar o volume total de recursos que seria necessário para recapitalizar os bancos europeus em caso de um default da Grécia ou mesmo de outros países, como Portugal.
Mundo em desaceleração
Hoje o tema que domina as conversas é a desaceleração da economia global.
Mundo mostra sinais claros dedesaceleração no ritmo de atividade econômica
Em um relatório recente, a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) alertou para evidente desaceleração da atividade econômica em praticamente todos os países.
E o Brasil não está imune. Pelo contrário, é a nação que mostra os sinais mais claros de esfriamento da atividade, segundo a OCDE.




2. O CONSUMIDOR EM TEMPOS DECRISE

E todas elas convergem para o mesmo ponto: é hora de frugalidade e contrição. Esse fenômeno tem nome:“tradedown” – “troca para baixo”, em uma tradução literal do termo.
O primeiro item a ser cortado dos gastos de consumo são os chamados produtos supérfluos, ou seja, aqueles itens de “luxo” que não são tão necessários no dia-a-dia.
O que é definido como supérfluo abrange uma ampla...
tracking img