Atps calculo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1080 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Anhanguera Educacional
Faculdade de Joinville
Engenharia Civil

ATPS: Cálculo II


Thiago Stiegler
RA: 2504095884
Tharlie Leuri Coronetti Bomfim
RA: 2505063007Cleberson Xavier Rodrigues
RA: 1135336404
João Marcos Branco Bellini
RA: 2505063001
Rafael Cardoso de JesusRA: 2505063005
Geovane Horenas Bellini
RA: 4414856363

Professor: Thomaz Henrique Thomsen

Joinville
04/2012
Etapa 1 – Passo 1

Movimento Retílineo Uniforme
É o movimento descrito por objetos com velocidade constante, para tal, é preciso que a resultante das forças que atuam sobre o corpo sejanula. Dado um deslocamento , em um tempo A velocidade escalar v é dada por:
.
Somente no MRU a velocidade de um corpo a qualquer instante é igual à sua velocidade média. A equação do espaço S em função do tempo t, a partir de um ponto é:

Movimento Retilíneo Uniformemente Variado
É o movimento de objetos que variam sua velocidade de forma constante, ou seja, possuem aceleração constante. No MRUVa equação da aceleração é análoga à da velocidade no MRU; e a equação de velocidade no MRUV é análoga à do espaço no MRU.

E a equação do espaço é a seguinte:

Derivada
Os dois movimentos acima só ocorrem em condições muito especificas, para estudar os movimentos dos corpos como ocorrem na natureza Newton desenvolveu a derivada, para calcular a velocidade instantânea de um corpo em certoinstante é necessário usar limite, medindo-se uma variação infinitesimal de espaço em um intervalo infinitesimal de tempo.

Da definição de derivada:

Com a derivação é possível calcular a velocidade de um objeto a partir do gráfico sxt, ela fornece a inclinação da reta tangente ao ponto na curva correspondente, sendo essa a velocidade instantânea. A aceleração é a derivada da velocidade comrelação ao tempo:

Passo 2
V = V0 + at |
|
v0= 0 |
a=24 |
t=0,1,2,3,4,5 |

Passo 3
Velocidade
A velocidade instantânea pode ser definida como sendo a taxa de variação da posição de
um determinado corpo no tempo, em um determinado instante. Matematicamente podemos
expressar a velocidade instantânea como a derivada do espaço no tempo ou dx/dt.
Aceleração
Aceleração instantânea podeser definida como a taxa de variação da velocidade de um
determinado corpo no tempo, em um determinado instante. Matematicamente podemos expressar
a aceleração instantânea como sendo a segunda derivada do espaço no tempo ou d2x/dt2.

Passo 4

Etapa 2 – Passo 1

A constante de Euler tem como notação a letra ‘e’ em homenagem ao suíço Leonhard Euler, por ter sido um dos primeiros a estudar apropriedade desse número, esse número é a base dos logaritmos naturais. A primeira referência dessa constante a ser publicada foi por John Napier em 1618, em sua tabela de apêndice de um trabalho sobre logaritmos.
O número é um número irracional e positivo, cujo logaritmo na sua base é chamado natural, logo:
e = 2,718281828459045235360287471352662497757.
Leonhard Euler começou a usar aletra  para representar a constante em 1727, e o primeiro uso de  foi na publicação Euler’s Mechanica (1736). As verdadeiras razões para escolha da letra são desconhecidas, mas especula-se que seja porque  é a primeira letra da palavra exponencial.
Outra aparição do número de Euler é na probabilidade: casos se escolham números entre 0 e 1 até que o seu total ultrapasse 1, o número mais provável de...
tracking img