Atps administração financeira e orçamentaria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7359 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
20

2.

Referencial Teórico
Baseado na revisão da literatura, o propósito deste capítulo é apresentar a

estrutura conceitual do tema Custo de Capital, sendo dividido em diversas seções.
Cada seção apresentará em detalhes um dos principais conceitos ou assuntos que
fazem parte da teoria de custo de capital. Uma excelente referência geral para
Custo de Capital e outros temas em FinançasCorporativas é o livro de Brigham
(1999).

2.1.

Conceito de Custo de Capital

PUC-Rio - Certificação Digital Nº 0116827/CA

Diariamente os executivos das corporações tomam decisões que envolvem
fluxo de caixa e, portanto, geração de valor. Há “trade-offs” entre fluxo de caixa
agora e fluxo de caixa no futuro. Um exemplo comum é a decisão de aceitar um
fluxo de caixa presente negativodevido ao investimento na modernização de uma
linha de montagem que será compensado pelo fluxo de caixa futuro positivo
gerado pela redução dos custos de mão-de-obra. Em um outro exemplo, o
executivo de uma corporação deverá julgar se o investimento no desenvolvimento
e produção de um novo produto será compensado pelo fluxo de caixa a ser gerado
por este produto. Aquisições são exemplosbastante intuitivos. Corporações
adquirem ativos, como equipamentos, imóveis, direitos e até outras corporações,
nos casos de fusões e aquisições de empresas, para manter ou expandir seus
negócios, com o objetivo final de gerar mais valor. Estes exemplos são casos de
orçamento de capital, que é o processo de análise de potenciais investimentos de
longo prazo.
Resumindo, os investidores (osacionistas) confiam seu dinheiro (seu
capital) aos executivos das corporações, que o utilizam para financiar projetos. Os
executivos, como bons administradores do capital que lhes foi confiado, somente
investem em projetos que geram taxas de retorno no mínimo tão altas quanto as
que os investidores poderiam obter no mercado em investimentos de risco
semelhante. A taxa de retorno que os investidorespoderiam obter no mercado é

21

seu custo de oportunidade, ou custo de capital, também denominado taxa de
retorno exigida. O custo de capital desempenha um papel decisivo na criação e
destruição de valor para os investidores.
Apesar de orçamento de capital ser a principal aplicação do conceito de
custo de capital, existem outras de grande importância. O custo de capital é um
fatormuito relevante em decisões sobre uso de dívida ao invés de capital próprio.
Também é importante na regulação de serviços públicos de água, eletricidade e
gás. Estes serviços são monopólios naturais, pois a necessidade de uma rede de
distribuição instalada inviabiliza o surgimento de concorrentes. Ter uma única
empresa, ou uma única rede de distribuição, é uma solução mais eficiente que
duas oumais empresas disputando o mercado. Portanto, a função dos reguladores
é evitar que estes monopólios pratiquem tarifas abusivas. A metodologia é
PUC-Rio - Certificação Digital Nº 0116827/CA

determinar o custo de capital das empresas de serviços públicos e estabelecer
tarifas justas que lhes permitam ganhar exatamente este custo de capital.
O peso que o índice ROCE (“Return on CapitalEmployed”) tem em
avaliações de desempenho e “benchmarkings” de grandes corporações demonstra
a relevância do custo de capital em seus rumos. Abaixo segue a fórmula do
ROCE:
Lucro Líquido Disponível para os Acionistas + Juros Líquidos
ROCE = 
Patrimônio Líquido + Dívidas de Longo e Curto Prazo com Juros

Conforme a definição Iudícibus (2000), lucro líquido é o lucrodepois de
Imposto de Renda e outras participações de terceiros (administradores,
empregados, etc.), e pode ser distribuído aos acionistas (dividendos) ou retido na
empresa (aumento de patrimônio líquido). Nos dois casos, trata-se de dinheiro dos
acionistas.
Segundo Eiteman (2001), enquanto no numerador estão os retornos para
todos os investidores, acionistas e credores, no denominador está...
tracking img