Atletismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2183 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Instituto Politécnico da Guarda
Escola Superior de Tecnologia e Gestão

Desporto

Atletismo
Corrida de Barreiras



Guarda, Dezembro 2011
























Discente:
Tiago Lima nº5006853

Docente:
Carlos Francisco
Índice
Introdução 4
Corridas 5
Local de competição 7
Corrida de Barreiras 8
Partida 9Aproximação da Primeira Barreira 10
Transposição de barreiras 10
Recepção ao solo 11
Corrida entre barreiras 11
Corrida da última barreira até à meta 12
Exercícios de aperfeiçoamento 13
Saltos 13
Exercício com a Perna Traseira Fixa 14
Exercícios de Salto/Caminhada com a perna Traseira 15
Conclusão 16
Bibliografia 17

Introdução

Este trabalho foi oriundo da cadeira dePrática de Desportos Individuais I (Atletismo) com o objectivo de ter melhor conhecimento e pesquisa. Portanto decidi abordar e aprofundar a corrida de barreiras.

A origem do Atletismo está relacionada com a própria origem do ser humano que, por necessidade, defesa ou até prazer, já corria, saltava ou lançava. Apesar de hoje em dia o Atletismo ser considerada uma modalidade desportiva que envolvevárias disciplinas, como corridas, marchas, saltos, lançamentos e provas combinadas.

O Atletismo é uma modalidade que proporciona diversas vertentes de competição, todas elas com características essencialmente individuais procurando os atletas obter o melhor resultado possível.

Ao longo deste trabalho pretendo falar como se efectua a corrida de barreiras, onde se efectuam, os elementostécnicos e alguns exemplos de exercícios para o seu aperfeiçoamento.

Corridas

Ao longo dos tempos a corrida sempre foi uma forma de locomoção privilegiada para procurar alimentos ou fugir dos animais selvagens, como meio de atingir posições mais vantajosas na guerra, para levar e trazer notícias, como divertimento em festivais e feiras, como teste de passagem ao estado adulto, para viajar no casodos povos nómadas.
Ainda hoje em países mais pobres, devido à ausência de estradas, ao acidentado dos terrenos e às condições de vida, são exigidas às populações excelentes capacidades de resistência. Para eles, correr grandes distâncias é uma necessidade vital. Este facto explica em parte o sucesso dos quenianos e etíopes como corredores.
Hoje, a corrida é praticada essencialmente com objectivosdesportivos e a sua popularidade tem aumentado duma forma espectacular nas últimas décadas, com as provas de estrada a cativarem cada vez mais praticantes para as corridas.

Existem várias modalidades de corridas que se efectuam em várias partes pista oficial de atletismo ou ate mesmo fora dela, tais como: estrada, corta-mato, pista e pista coberta em que estas últimas duas ainda se dividem naespecialização de barreiras, obstáculos e estafetas.
A corrida define-se como um conjunto de gestos com o propósito de percorrer uma determinada distância por uma série de auto-projecções do corpo, numa sequência harmónica de suspensões e de apoios alternados de um e outro pé. Na análise da corrida, consideramos a sua estrutura dinâmica e cinemática em duas grandes fases:
* Fase de apoio:durante a qual as forças interiores actuam sobre o solo, daí resultando uma reacção projectiva igual e de sentido contrário (reacção dos apoios);
* Fase de suspensão: durante a trajectória aérea, o Centro de Gravidade (C.G.) do corpo do atleta descreve uma parábola e eleva-se até uma certa altura.
Sendo a corrida um movimento cíclico em que o corpo toma o contacto com o solo, alternadamente porcada um dos dois pés, duas passadas consecutivas constituem um ciclo de passada. Durante um ciclo, as duas pernas executam alternadamente funções de apoio e de balanço.

Local de competição

Ilustração 1- Desenho oficial da pista de atletismo com as regras e medidas oficiais impostas pelo Comité Internacional

A pista de corrida normalmente contém 8 raias, cada uma com 1m e 25cm que os...
tracking img