Atividade filosofia- aristoteles

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1184 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE SANTA TEREZINHA-CEST

KARLA SILVA

São Luís
2012
ATIVIDADE DE FILOSOFIA
1-Comente a seguinte afirmativa fundamentando-se na teoria de Aristóteles: “O ordenamento jurídico é um meio, a felicidade é o fim alcançado através da prática da justiça” (RIBEIRO,2012)
A justiça é um meio de pesar os lados da balança, quem é culpado e quem é inocente, e a “felicidade” seria a resposta mais justa para a questão jurídica (a busca da felicidade).
2-A ética aristotélica é uma ética teleológica, uma vez que erige como fim do agir humano a felicidade (eudemonismo, de eudaimonia, felicidade em grego).Considerando a ética deste, esclareça a mediania.
Aristótelesdefendia que a felicidade para o ser humano está em encontrar o meio termo, a “mediania”. Evitar os excessos. Uma vida feliz seria aquela em que a gente consegue juntar as 3 formas de felicidade possível: os prazeres, a liberdade cidadã e o conhecimento da filosofia. Nossas virtudes são aquilo que temos de melhor. Ele as encontra na metade do caminho, entre um excesso e outro. A virtude está emachar o “caminho do meio”.
3-Coloque V para as proporções verdadeiras e F para as proposições falsas. Caso sejam falsas justifique para que se tornem verdadeiras.
a) ( F ) O homem virtuoso é feliz de si para consigo, mas sua felicidade se engaja na necessidade de vida gregária e particular.
b) ( V ) O legislador deve estar atento às virtudes e vícios com vistas realizar na sociedade aimplantação de uma legislação que favoreça e estimule a virtude e a cidadania.
c) ( F ) O objetivo da justiça distributiva é se pautar nas coisas e não nas pessoas, considerando as pessoas na equidade.
d) ( F ) A causa final é menos importante

A letra a é falsa pois a felicidade do homem não se dá pela vida individual e solitária, mas sim em sociedade, vida gregária é uma tendência do homema se juntar, perdendo costumes individuais, e se o homem for feliz por si só, não haveria como ter vida gregária.
A letra c fala na verdade da justiça corretiva e não da distributiva.
A letra d deveria afirmar que a causa final é a mais importante pois diz o motivo real da ação, o porquê dela ser feita e dá sentido para o sentido material, movimento e ação.A causa final inclusive, é superiorà causa eficiente.

4-Explique os conceitos Aristotélicos:
a) Ato=
b) Potência
c) Acidente
d) Substância


5-Diferencie as questões filosóficas aristotélicas e platônicas

Aristóteles era intelectualmente independente de Platão, uma vez que se diferenciavam pelas correntes do idealismo e realismo. Aristóteles cultivava o realismo moderado meio-termo eespírito analítico baseado sobre os fatos, procura a essência das coisas. Platão parte do conhecimento empírico, estendia a pesquisa filosófica ao campo metafísico e cosmológico, isto é, de toda a realidade. Platão considera o espírito humano peregrino neste mundo e prisioneiro na caverna do corpo. Deve, pois, traspor este mundo e libertar-se para realizar o seu fim, chegar à contemplação do inteligível,para o qual é atraído por um amor nostálgico.

6-Esclareça os graus de conhecimento de Platão.

Existem cinco e o primeiro é a SENSAÇÃO, dela surge a MEMÓRIA tornando os seres que tem memória melhores que os outros pois podem aprender e assim se desenvolve a EXPERIÊNCIA . Até esse nível, muitos animais conseguem chegar, mas o homem vai além com a ARTE E CIÊNCIA.

7-Explique o processodialético ocorrido no mito da caverna.
A pessoa que se liberta da caverna volta com um pensamento inovador, então é hostilizada pelos que ainda estão aprisionados e que ainda mantém um pensamento limitado. Tal pensamento visto através de sombras na parede fazia com que o mundo se subtraísse a isso, então a pessoa que já tivesse liberto tinha que convencer os outros a sair da alienação à...
tracking img