Atividade física na idade media

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2205 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ATIVIDADE FÍSICA NA IDADE MÉDIA:
BRAVURA E LEALDADE ACIMA DE TUDO
José Maurício Capinussú
Universidade Federal do Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
Resumo
Conhecida como um período de estagnação e obscurantismo, considerada uma etapa da história capaz de impedir o desenvolvimento, a Idade Média teve a virtude de despertar no ser humano a necessidade de modificar um estado letárgicoentão existente, dando origem, posteriormente, ao Renascimento. Por outro lado, as manifestações de caráter físico, como a prática esportiva e o culto ao corpo, tão celebrados pelos
gregos e, até determinado período, pelos romanos, não encontraram o mesmo estímulo na Idade Média. Entretanto, uma gama de respeitáveis historiadores considera a época medieval uma verdadeira fonte de riquezas ebenefícios para a civilização ocidental, onde se enquadra a figura do cavaleiro, física e espiritualmente muito bem preparado, galanteador e romântico, exímio no ato de montar e, principalmente, no uso da espada, atividades que, mais tarde, dariam origem a modalidades esportivas de caráter olímpico, como o hipismo e a esgrima. Na Idade Média, não havia, portanto, uma educação física que os gregosprocuraram, por meio de certo primitivismo, estimular, mas uma atividade física que, deixando
de lado a violência, revela bravura e lealdade da parte de seus praticantes.

INTRODUÇÃO
Quando, em 395 a.C, o imperador Teodósio aboliu os Jogos Olímpicos, a civilização romana já se encontrava em estado de completa deterioração. Um pouco antes, em 391 a.C, Teodósio declarou o
Cristianismo como religiãooficial do Império Romano, marginalizando os outros credos religiosos e
provocando a divisão do Império Romano (395 a.C.) em Império do Oriente e do Ocidente, que veio a cair
em 476 a.C, com a deposição de Rômulo Augusto, último imperador do Ocidente. Perante esta situação, a Idade Média caracterizou-se por disputas entre três poderes que objetivavam o controle da Europa: o poder militar,representado pela força dos bárbaros; o poder civil, representado pelas organizações municipais e provinciais estabelecidas pelo Direito Romano, costumes e famílias; e o paganismo, substituído pelo Cristianismo, que, cultuado de forma exacerbada, preconizava total importância à salvação da alma e à conquista de uma vida celestial. Resulta deste abstracionismo, o desprezo pelo culto ao corpo, tornando aatividade física inexpressiva, passando a ser somente utilizada para a preparação militar. Os cavaleiros deveriam ser treinados para as grandes Cruzadas e as Guerras Santas, organizadas pela Igreja, em substituição às antigas festas populares, às vezes atingindo até as raias do absurdo, como ocorreu com a instituição da Santa Inquisição, que, em nome da Igreja, condenava inocentes à morte, acusadosde bruxaria.

O CAVALEIRO
Era o representante da nobreza dentro da nobreza. Era senhor de terras, promovia o lazer e exibia
boas maneiras; respeitava um elaborado código de cavalaria que o obrigava a servir em primeiro lugar ao
seu senhor, depois, à religião cristã e, por último, à dama romanticamente escolhida, que não era sua esposa. Sua preparação incluía a prática de esgrima, o manejo doarco e flecha, as marchas, a corrida a pé, a equitação (como o adestramento e as cargas praticadas nas guerras) e os jogos, representados
pelos torneios e pelas justas, além de outras provas de menor representatividade. Para ser um cavaleiro, era preciso adquirir todas as suas características e não simplesmente herdálas. Para se candidatar à cavalaria, o filho de um cavaleiro deveria passar quasea metade da vida estudando as artes da guerra. Aos sete anos de idade era enviado a servir como pajem. Tomava lições de equitação, esgrima e devia cumprir várias pequenas tarefas; aos quatorze anos, passava a exercer atribuições de escudeiro, vestia o seu cavaleiro, cuidava de seus cavalos e de suas armas. Aos vinte e um anos, era candidato a cavaleiro.
Havia uma cerimônia onde o guerreiro...
tracking img