“Atividade do psicólogo dentro da área da saúde.”

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 8 (1999 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 20 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Atividade do Psicólogo dentro da área da saúde.”
Área Hospitalar

A psicologia no hospital e suas contribuições para promoção de saúde

Pensar a atuação do psicólogo nas unidades hospitalares, ou seja, nas instituições públicas de saúde destinadas a priorizar a saúde não é uma tarefa muito fácil. O tempo de inserção desse profissional nessas instituições públicas de saúde é relativamentepequeno; há um contingente reduzido de profissionais atuando na área, apesar de vir aumentando gradativamente, inexistem pesquisas mais sistemáticas, tanto nacionais quanto locais, sobre a atuação do psicólogo nesse campo específico de trabalho. Apesar disso, é possível observar uma série de problemas e insucessos em termos das práticas dos psicólogos, devido a falta de apoio como um todo e navalorização desse profissional, como um agente capaz de contribuir na promoção de saúde.
Yanamoto & Cunha, (1998) nos trás contribuições acerca da Psicologia Clínica no Brasil, onde a própria denominação Psicologia da Saúde já é problemática, suscitando discussões de como denominar uma área que aplica os princípios de Psicologia a problemas de saúde e doença, pois, recorrente a confusão determinologias, como Medicina Psicossomática, com o tema em questão Psicologia Hospitalar, daí então sua maior contribuição nesse ensaio, dizendo que a confusão entre o que seria a área clínica, a área da saúde e também a Psicologia Hospitalar não é somente de ordem semântica, mas também de ordem estrutural, ou seja, estão em jogo os diferentes marcos teóricos ou concepções de base acerca do fazer psicológicoe sua inserção social. Justamente dessas diferenças, e/ou antagonismos teórico-ideológicos, surge uma Psicologia da Saúde. Considerando essas possíveis confusões, é importante esclarecer, também, o conceito de Psicologia Clínica.O psicólogo especialista em Psicologia Hospitalar tem sua função centrada nos âmbitos secundário e terciário de atenção à saúde, atuando em instituições de saúde erealizando atividades como: atendimento psicoterapêutico; grupos psicoterapêuticos; grupos de psicoprofilaxia; atendimentos em ambulatório e unidade de terapia intensiva; pronto atendimento; enfermarias em geral; psicomotricidade no contexto hospitalar; avaliação diagnóstica; psicodiagnóstico; consultoria e interconsultoria.Sebastiani, (2003) afirma que é relevante que possamos entender o surgimento e aconsolidação do termo Psicologia Hospitalar em nosso país, é importante ressaltar que as políticas de saúde no Brasil são centradas no hospital desde a década de 40, em um modelo que prioriza as ações de saúde via atenção secundária (modelo clínico/assistencialista), e deixa em segundo plano as ações ligadas à saúde coletiva (modelo sanitarista), daí a importância da luta para reverter essequadro.
Nessa época, o hospital passa a ser o símbolo máximo de atendimento em saúde, ideia que, de alguma maneira, persiste até hoje. Muito provavelmente, essa é a razão pela qual, no Brasil, o trabalho da Psicologia no campo da saúde é denominado Psicologia Hospitalar, e, não, Psicologia da Saúde, o que seria mais adequado, priorizando assim a promoção de saúde. Para Yanamoto, Trindade & Oliveira,(2002) O termo Psicologia Hospitalar é inadequado porque pertence à lógica que toma como referência o local para determinar as áreas de atuação, e não prioritariamente às atividades desenvolvidas, que seria a busca de promover saúde. Se já existe fragmentação das práticas e dispersão teórica da Psicologia, a adoção do termo Psicologia Hospitalar caminha no sentido oposto à busca de uma identidadepara o psicólogo como profissional da saúde que atua em hospitais. Diferente do Brasil, em alguns outros países, a identidade do psicólogo especialista está associada à sua prática e não ao local em que atua, porém a (CHIATTONE 2000), que diz que a Psicologia Hospitalar é apenas uma estratégia de atuação em Psicologia da Saúde, e que, portanto, deveria ser denominada “Psicologia no contexto...
tracking img