Atividade complementar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1430 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]
FACULDADE EVOLUTIVO
BACHARELADO EM TURISMO

PAULO VITOR VILELA PAIVA

ATIVIDADE COMPLEMENTAR III

Fortaleza
2010

PAULO VITOR VILELA PAIVA

Trabalho apresentado ao curso de Turismo – 5º semestre, da Faculdade Evolutivo, como requisito à nota da disciplina: Atividade Complementar III.Orientador: Roberto Frederico
CoordTurFACE

Fortaleza
2010

ATIVIDADE COMPLEMENTAR – 2010.2
BACHARELADO EM TURISMO – FACULDADE EVOLUTIVO

O Turismo Sertanejo tem como principal objetivo promover a compreensão integrada do meio ambiente em suas múltiplas e complexasrelações, envolvendo os aspectos naturais, socioeconômicos, culturais e éticos. No nordeste o turismo no Sertão é uma forma de lazer fundamentada na paisagem natural, no patrimônio cultural e no desenvolvimento social das regiões interioranas.
Raramente temos a própria iniciativa de conhecer mais sobre a atividade turística no Sertão Central Cearense, já que a maioria de nós estudantes somosalienados pelo Turismo Litorâneo, que é o mais explorado em nosso estado. A viagem que realizamos tem fundamental importância em nossa formação acadêmica, pois através dela se foi possível conhecer um pouco mais sobre o destino Quixadá, que é um dos pontos turísticos que mais atrai turistas de dentro e de fora do país.
Embora pouco explorado, o município apresenta grande potencialturístico, especialmente para o ecoturismo devido à beleza de suas paisagens, além para a prática de esportes radicais como vôo livre(parapente e asa-delta),off-road, trekking, montanhismo e rapel. Quixadá é o cenário perfeito para estudos científicos, produções cinematográficas e esportes de ação e natureza.
No município de Quixadá o destaque são as formações rochosas, cientificamente chamadasde monólitos, tivemos a oportunidade de ver bem de perto o mais conhecido, que é a Pedra da Galinha Choca, que se localiza ao lado das águas do Açude do Cedro e possui 318 metros altura. Tivemos a oportunidade de conhecer o Açude do Cedro, que é uma barragem centenária, construída ainda no tempo de Dom Pedro II e com projeto de 1877, e que ainda barra a água de um açude natural rodeado por pedras.As pedras da região são um bom local para a prática de rapel. A Pedra da Faladeira, nas margens do açude, é um bom local para escalada. O Açude do Cedro tem boa infra-estrutura turística, as vias de acesso ao local estão bem conservadas, e lá existem restaurantes e bares com um bom atendimento, sem dúvida é um excelente atrativo.
Conhecemos no topo da Serra do Urucum o Santuário de NossaSenhora Imaculada Rainha do Sertão. O local fica a 12 quilômetros do centro de Quixadá e possui uma rampa de onde saem a maioria dos aventureiros que praticam Vôo Livre na região. Com um clima agradável, dispõe de gruta, restaurante (de onde se tem uma vista dos monólitos, lagoas e vegetação local), hotel, auditório e livraria. Na subida da serra, podem-se acompanhar estações religiosas, comestátuas de 1,80 m de altura, retratando a Paixão e Ressurreição de Cristo. O santuário tornou-se ponto de romaria de fiéis cearenses e de outros estados. Todos os fins de semana, devotos e visitantes visitam o local que também tem uma capela para orações, área própria para retiros religiosos. As vias de acesso ao ponto turístico estão em bom estado de conservação, os serviços oferecidos no Restaurantesão de excelente qualidade, porém existem falhas nas grades de segurança do local, que necessitam de troca imediata.
Quixadá possui ainda um museu, o Museu Histórico Jacinto de Sousa, um centro cultural, o Centro Cultural Rachel de Queiroz, com dois pavimentos, um teatro e um anfiteatro. O centro cultural oferece oficinas de audiovisual, música, teatro e artes plásticas. Quixadá também...
tracking img