Aterosclerose coronaria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (440 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ATEROSCLEROSE CORONARIANA



A causa mais comum de doença cardiovascular nos Estados Unidos é a aterosclerose, um acúmulo anormal de substancias lipídica ou gordurosa e tecido fibroso norevestimento das paredes vasculares artérias. Essa substancia criam bloqueios e estreitam os vasos coronários de uma maneira que reduz o fluxo sanguíneo para o miocárdio. Atualmente, sabe-se que aaterosclerose envolve uma reposta inflamatória repetitiva a lesão da parede arterial e a subseqüente alteração nas propriedades estruturais e bioquímicas das paredes arteriais. Novas informações que serelacionam com o desenvolvimento da aterosclerose tem aumentado a compreensão do tratamento e prevenção desse processo progressivo e com risco de vida potencial.

FISIOPATOLOGIA

Acredita-se que aaterosclerose comece como estrias gordurosas de lipídios que são depositados na camada intima da parede arterial. Essas lesões comumente tem lugar em uma fase inicial da vida, talvez mesmo na infância. Nemtodas as estrias gordurosas se desenvolvem, mais adiante, em lesões mais avançadas. A genética e os fatores ambientais estão envolvidos na progressão dessas lesões. O desenvolvimento continuado daaterosclerose engloba uma resposta inflamatória, a qual começa com a lesão do endotélio vascular. A lesão pode ser iniciada pelo tabagismo, hipertensão e outros fatores. A presença da inflamação possuimúltiplos efeitos sobre a parede arterial, dentre os quais a atração das células inflamatórias (incluindo macrófagos). Os macrófagos infiltram-se no endotélio vascular lesionado e ingerem lipídios, oque as transforma no que é chamado de células espumosas. Os macrófagos ativados também liberam substancias bioquímicas que podem lesionar adicionalmente o endotélio, atraindo plaquetas e iniciando acoagulação.

Subseqüentemente, as células musculares lisas dentro da parede vascular proliferam e formam uma capa fibrosa sobre um núcleo cheio de lipídio e infiltrado inflamatório. Esses...
tracking img