Assessoria de imprensa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3269 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade do Minho
2º Ciclo de Ciências da Comunicação – 1º Semestre
Disciplina: Laboratório de Relações Públicas
Docente: Teresa Ruão

Plano de Assessoria de Imprensa

Caso: Gripe Suína


Trabalho elaborado por: Raquel Daniela Lopes Vieira da Cruz
Pg13896

Índice

1. Introdução 3
1.1 Apresentação do caso 3
1.2 Problema de comunicação 8
1.3 Objectivos deintervenção junto dos media 9
2. Estratégia 10
2.1 Determinação das metas a atingir 10
2.2 Apresentação dos públicos finais 11
2.3 Identificação dos media prioritários 12
2.4 Definição e descrição das acções 13
2.5 Calendarização 18
3. Monitorização 19
3.1 Identificação dos métodos a usar para a avaliação dos resultados 19
3.2 Sugestão de itens a avaliar 19
4. Bibliografia 201. Introdução

No âmbito da unidade curricular de Laboratório de Relações Públicas foi-nos pedido que elaborássemos um plano de assessoria de imprensa para a Comissária Europeia da Saúde. Neste plano devemos estabelecer uma estratégia de informação aos media europeus, destinado a sensibilizar as autoridades e a população em geral para o perigo e a necessidade de adoptar medidas preventivas.1.1 Apresentação do caso

Ilustração 1- imagem microscópica do vírus da gripe A
O que é a gripe suína?

A gripe suína refere-se à gripe causada pelas estirpes de vírus da gripe, chamadas vírus da gripe suína, que habitualmente infectam porcos, onde são endémicas. Em 2009 todas estas estirpes são encontradas no vírus da gripe C e nos subtipos do vírus da gripe A conhecidos como H1N1,H1N2, H3N1, H3N2, e H2N3.
Quando os vírus da gripe de diferentes espécies infectam simultaneamente o mesmo animal (como por exemplo o suíno), podem reorganizar-se geneticamente e originar uma nova estirpe de vírus, tal como aconteceu actualmente com a emergência deste novo vírus circulante Gripe A/H1N1. A análise deste vírus sugere que ele tem uma combinação de características das gripes suína,aviária e humana. Especificamente, esta combinação nunca tinha sido verificada em humanos ou em suínos até ao momento presente, e a sua origem é ainda desconhecida.

Como se transmite a Gripe Suína?

Normalmente, este tipo de vírus ataca apenas os porcos. Porém, às vezes eles conseguem vencer esta barreira e passam a atacar humanos. Mais tarde, passa a ser transmitida directamente de pessoa parapessoa. Ao contrário do que algumas pessoas podem pensar, não é possível pegar a gripe suína através da ingestão de carne de porco. Até porque cozinhar a carne de porco a 70 graus Célsius destrói quaisquer microrganismos patogénicos. A transmissão acontece como a da gripe normal, pela tosse ou pelo espirro de pessoas infectadas.

Ilustração 2 - Uma das medidas preventiva aconselhada (México)Quais os sintomas?
Em seres humanos, os sintomas de gripe A (H1N1) são semelhantes aos da gripe e síndroma gripal em geral, nomeadamente calafrios, febre, garganta dorida, dores musculares, dor de cabeça forte, tosse, fraqueza e um desconforto geral.

Ilustração 3 - Sintomas da gripe suína

Evolução

██ Mortes confirmadas
██ Casos confirmados
██ Casos não confirmados

Ilustração 4- Mapa do surto da gripe A no Mundo

Até às 14horas do dia 29 de Maio de 2009 foram reportados os seguintes casos confirmados de infecção em 57 países, dos quais 4910 foram registados no México, com 85 mortes, 7927 nos Estados Unidos com 11 casos fatais, no Canadá foram registados 1118 casos da doença com 2 casos fatais e na Costa Rica foram registados 33 casos da doença, sendo registado 1 casofatal.
Outros países que apresentam casos de contaminação são: Espanha (143); Reino Unido (243); Panamá (107); França (21);

Alemanha (19); Itália (26); Brasil (20)[17]; Israel (11); Nova Zelândia (9); Colômbia (17); El Salvador (11); Japão (364); China (4); Coreia do Sul (3); Países Baixos (3); Guatemala (5); Noruega (4); Suécia (4); Tailândia (2); Finlândia (3); Argentina (37); Áustria...
tracking img