Assedio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5257 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Neste trabalho apresenta-se o tema assédio moral e os seus diferentes enfoques no mundo organizacional, tema esse que afeta a vida das pessoas nas relações de trabalho e no convívio social.

Através de nosso trabalho foi identificado, que cada vez mais acontece casos de assédio moral, dentro do ambiente de trabalho devido à falta de conhecimento do assunto edespreparo dos profissionais, que não estão aptos para lidar com essas situações.

No Brasil não existe nenhuma legislação especifica contra o assédio moral, a qual possa dar suporte para quem sofreu esse tipo de assédio, que possa alertar a sociedade do que é o assédio moral, assim, reduzindo o índice de casos país. Tendo em vista que o assédio moral vem se agravando cada vez mais, passadespercebido dentro das organizações, trazendo más conseqüências e deixando sua marca registrada.

O assédio moral trás consigo climas de ameaça, conflitos entre funcionários, um cenário de sofrimento que na maioria das vezes deixa a vítima sem reação, podendo acarretar doenças psíquicas, afastando - a do convívio social.

Nosso objetivo é passar o conhecimento do tema assédio moral e aspossíveis medidas para a prevenção, que possa trazer contribuições para os gestores da área de recursos humanos, com apresentação de métodos que facilitem o entendimento do assunto, para que saibam se posicionar diante de tal situação e não venha tomar decisões que prejudique o assediado e a organização, para os quais muitos não estão preparados, acarretando assim conseqüências para organizaçãotornando um clima desfavorável.

O trabalho está divididos em 3 capítulos, no capítulo 1 o referencial teórico sobre o tema, no capítulo 2 a metodologia e no capítulo 3 análise dos resultados .

1 Assédio moral

O assédio moral no trabalho não é algo novo, é tão antigo quanto o próprio trabalho, e não ocorre somente no ambiente de trabalho pode estar presente em relações comcônjuge, familiar, na escola etc. um assediador pode destruir o assediado através de um processo contínuo, destruindo a vítima psicamente com sua personalidade narcísica.

O assédio moral começa a ser estudado a partir da década de 80 pelo Dr.Heinz Leymann[1], psicólogo, cientista e médico alemão que se interessa pelas experiências por outros estudiosos em grupos de crianças em idade escolarque tinha comportamentos hostis, cujas manifestações, começaram a ser percebidos no ambiente de trabalho.

Foi no começo de 1984 Leymann publica num pequeno ensaio científico contendo uma longa pesquisa feita pelo National Board of Occupational Safety and Health in Stokolm, no qual demonstra as conseqüências do mobbing, sobretudo na esfera neuropsíquica, sobre a pessoa que éexposta a um comportamento humilhante no trabalho durante certo lapso de tempo, seja por parte dos superiores, seja por parte dos colegas.

O termo mobbing, (assédio moral) segundo a autora francesa Hirigoyen:
Foi presumivelmente utilizado pela primeira vez pelo etnólogo Konrad Lorenz, a propósito do comportamento agressivo de animais que querem expulsar um animalintruso, e reproduzido nos anos 60 pelo médico sueco, Peter Heinemann, para descrever o comportamento hostil de determinadas crianças em relação a outras, dentro das escolas." Em 1972, ele publicou o primeiro livro sobre mobbing, o qual trata da violência de um grupo de crianças. (2002 p.76)

O termo mobbing vem do verbo inglês to mob, cuja tradução é maltratar, atacar, perseguir, sitiar.Pereira[2] (2004) destaca o assédio moral ou psicoterrorismo no trabalho que permeou a sociedade humana durante séculos e séculos e foi tido como um procedimento  “normal”, sofre hoje a censura e a reprovação da sociedade organizada e do homem cidadão, devido à falta de conhecimento. Aos poucos a legislação e jurisprudência vêm se atualizando sobre o assunto de forma que uma lei apareça...
tracking img