Assedio moral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2748 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistema de Ensino Presencial Conectado
CURSO: SERVIÇO SOCIAL DISCIPLINA: PSICOLOGIA SOCIAL

ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO

INTRODUÇÃO

Desde os primórdios, o ser humano percebeu a sua capacidade de realizar atividades que suprissem suas necessidades, seja individual ou emgrupo, sempre buscando meios de sustentação. Isso se deu através do trabalho e modos de produção (primitivo, escravista, capitalista, etc.) que foi se modificando com o passar dos tempos.
A palavra “trabalhar” significa torturar, que vem do latim vulgar tripaliare - derivado do latim clássico tripalium- antigo instrumento de tortura.
Com o passar dos tempos, esse vocábulo – trabalho – veiosempre significando cansaço, sofrimento, encargo, esforço; em suma, valores negativos dos quais se afastavam os mais venturosos.
Há uma prudência ao trazer à lembrança dessa etimologia e desse passado, porque guarda consonância com o cenário em que se revela o assunto a ser tratado. Cenário este, de violência no ambiente organizacional de onde emerge um fenômeno, que apesar de invisível, vemmerecendo atenção especial das organizações, de funcionários (trabalhadores) e de toda a sociedade como um todo, devido aos danos que esse fenômeno vem a provocar. Esse fenômeno é o assédio moral.
O mundo passa por rápidas mudanças, desencadeadas pelo enorme processo de globalização, fazendo com que as organizações substituam o homem pela maquina. Ao implementar novas tecnologias, obrigaseus colaboradores a uma adaptação rápida e até desumana, em busca de um novo perfil, pois estes se vêem num meio de alta competitividade.
Perante essa problemática, faz-se necessário compreender como o assédio moral se manifesta. Podendo ser percebido por patrões e funcionários e tratado dentro das organizações uma vez que, é um fenômeno presente no meio organizacional, porém éfrequentemente banalizado, sendo até ignorado; às vezes por medo, indiferença ou ate mesmo, por desconhecimento.

DESENVOLVIMENTO
Além dos problemas relacionados às mudanças no mercado de trabalho, reflexo da globalização, que levou à precarização das relações trabalhistas e redução de direitos, das inovações tecnológicas e das crises financeiras, os trabalhadores passaram a conviver com mais uminimigo no dia-a-dia de suas atividades: o assédio moral no ambiente de trabalho.
A violência psicológica, o constrangimento e a humilhação são práticas que passaram a ser adotadas de formas variadas no cotidiano. Seu poder de destruição, porém, afirmam estudiosos do tema, vai além da sua prática, levando à degradação das condições de trabalho, com efeitos nocivos à dignidade, às relaçõesafetivas e sociais e à saúde física e mental do trabalhador, além de prejuízos para as empresas e órgãos públicos.
O Dicionário Aurélio traz a seguinte definição para assédio moral “rebaixamento moral, vexame, afronta, ultraje. Ato ou efeito de humilhar (-se). Humilhar. Tornar humilde, vexar, rebaixar, oprimir, abater, referir-se com menosprezo, tratar desdenhosamente, com soberba, submeter,sujeitar (...)”.
Segundo Marie-France Hirigoyen, Assédio moral no trabalho é toda e qualquer conduta abusiva (gesto, palavra, comportamento, atitude...) que atente, por sua repetição ou sistematização, contra a dignidade ou a integridade psíquica ou física de uma pessoa, ameaçando seu emprego ou degradando o clima de trabalho”.
Fica obvio que, assédio moral é a deliberada degradação das condições detrabalho através do estabelecimento de comunicações não éticas (abusivas) que se caracterizam pela repetição por longo tempo de duração de um comportamento hostil que um superior ou colega(s) desenvolve(m) contra um indivíduo que apresenta como reação, um quadro de miséria física, psicológica e social duradoura.

Na visão de Margarida Barreto, o assédio moral é revelado por atos e...
tracking img