Assedio moral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5397 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Cristiano de Jesus Cerqueira
Cristiane Moreira dos Santos
Edmario Cerqueira de Souza Junior
Gilcimar Santos da Silva
Hualaci Reis Santana
Marco Antônio Carvalho da Silva
Roberto dos Santos Bittencourt
Sulivan de Jesus Rhumas


ASSEDIO MORAL NO TRABALHO












FACULDADE SÃO SALVADOR
Salvador
2012
Cristiano de Jesus Cerqueira
Cristiane Moreira dos Santos
EdmarioCerqueira de Souza Junior
Gilcimar Santos da Silva
Hualaci Reis Santana
Marco Antônio Carvalho da Silva
Roberto dos Santos Bittencourt
Sulivan de Jesus Rhumas







ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO

Esta pesquisa objetiva esclarecer as etapas pelas quais passam o assédio moral para ser caracterizado como tal, e fornece orientações importantes de como identificar e auxiliar a vítima caso sedepare com tal situação. Faz parte da disciplina de TGA tendo finalidade avaliativa para a unidade.
Orientadora: Priscila
Salvador
2012
Sumario

1º.Introdução Pág. 4
2º.O que é assédio moral? Pág 5
 O que é assedio moral no trabalho? Pág 6
3º.Fases da humilhação no trabalho Pág 9
4º.Estratégias do agressor Pág 11
5º.Frases discriminatórias frequentementeutilizadas pelo agressor Pág 12
6º.Danos da humilhação à saúde Pág 13
7º.Os espaços da humilhação Pág 14
8º O que a vítima deve fazer? Pág 17
11º. Considerações finais Pág 19
12º. Referências Pág 19










INTRODUÇÃO
Humilhação e constrangimento, repetitidos e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções, têmnome e sobrenome, assédio moral. Sendo mais comuns em relações hierárquicas autoritárias e sem simetrias, em que predominam condutas negativas, relações desumanas e aéticas de longa duração, de um ou mais chefes dirigida a um ou mais subordinado(s), desestabilizando a relação da vítima com o ambiente de trabalho e a organização, forçando-o a desistir do emprego.
Caracteriza-se pela degradaçãodeliberada das condições de trabalho em que prevalecem atitudes e condutas negativas dos chefes em relação a seus subordinados, constituindo uma experiência subjetiva que acarreta prejuízos práticos e emocionais para o trabalhador e a organização. A vítima escolhida é isolada do grupo sem explicações, passando a ser hostilizada, ridicularizada, inferiorizada, culpabilizada e desacreditada diante dospares. Estes, por medo do desemprego e a vergonha de serem também humilhados associado ao estímulo constante à competitividade, rompem os laços afetivos com a vítima e, frequentemente, reproduzem e reatualizam ações e atos do agressor no ambiente de trabalho, instaurando o pacto da tolerância e do silêncio no coletivo, enquanto a vítima vai gradativamente se desestabilizando e fragilizando, perdendosua autoestima.
O desabrochar do individualismo reafirma o perfil do 'novo' trabalhador: autônomo, flexível', capaz, competitivo, criativo, agressivo, qualificado e empregável. Estas habilidades o qualificam para a demanda do mercado que procura a excelência e saúde perfeita. Estar 'apto' significa responsabilizar os trabalhadores pela formação/qualificação e culpabilizá-los pelo desemprego,aumento da pobreza urbana e miséria, desfocando a realidade e impondo aos trabalhadores um sofrimento perverso.
A humilhação repetitiva e de longa duração interfere na vida do trabalhador e trabalhadora de modo direto, comprometendo sua identidade, dignidade e relações afetivas e sociais, ocasionando graves danos à saúde física e mental, que podem evoluir para a incapacidade laborativa, desemprego oumesmo a morte, constituindo um risco invisível, porém concreto, nas relações e condições de trabalho.


O que é Assédio Moral

É a exposição dos trabalhadores e trabalhadoras a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções.
São mais comuns em relações hierárquicas autoritárias e assimétricas, em que...
tracking img