Assedio moral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 37 (9053 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Assédio Moral e Gestão de Pessoas:
Uma Análise do Assédio Moral nas Organizações e o Papel da Área de Gestão de
Pessoas.
Autoria: Antonio Martiningo Filho, Marcus Vinicius Soares Siqueira

Resumo
No presente artigo é feita uma analise do processo de assédio moral nas organizações e do
papel da área de gestão de pessoas, principalmente, quanto às práticas adotadas para a
identificação egerenciamento de fatores situacionais no ambiente de trabalho que possam
propiciar o surgimento do fenômeno assédio moral. Para cumprir esse objetivo utilizamos um
novo enfoque, já que a maioria das pesquisas traz a visão dos funcionários assediados, das
vítimas, e, neste trabalho, procuramos analisar a percepção dos gestores sobre o assédio moral
no ambiente de trabalho e sobre qual a melhorforma de atuação das organizações para
combater a sua incidência. No momento em que as empresas buscam uma orientação mais
ética e a melhoria do ambiente de trabalho, a discussão desse tema é de grande relevância.
Nesse sentido, a pesquisa identificou que nas empresas que possuem políticas claras quanto
ao assunto, canais adequados para a comunicação dos casos, estruturas de trabalho menoshierarquizadas e um clima organizacional de confiança e respeito, os funcionários se sentem
mais seguros para denunciar os casos de assédio moral no ambiente de trabalho.

Introdução
O aumento da competição por espaço no mercado nacional e internacional e pela
própria sobrevivência das organizações trouxe conseqüências para todos: a precariedade do
emprego, a flexibilização das relações detrabalho, o ritmo acelerado da economia, o interesse
em reduzir os custos de trabalho, o crescimento do desemprego, a terceirização, o crescimento
do setor informal, a tendência à contratação por tempo determinado, dentre outras. Nas
empresas, o trabalho se subordina cada vez mais ao capital e, em virtude da busca constante
de retornos maiores para remunerar esse capital, observa-se o acúmulode atribuições e de
novas tarefas a um mesmo empregado de quem se espera uma polivalência. As novas técnicas
de otimização da produção, como resultado do avanço tecnológico, favorecem a lucratividade
das empresas e propiciam a desqualificação do trabalho de tal ordem que a permuta na
execução de uma tarefa por outras não altera significativamente o conteúdo das funções.
Segundo Heloani(2003), a substituição de empregados especializados por outros de menor
experiência acarreta a diminuição do número de empregos e a sobrecarga e desgaste dos
poucos trabalhadores que permanecem no ambiente de trabalho.
Em meio a esse sistema econômico extremamente competitivo, inúmeros dirigentes só
conseguem enfrentar essa competição recusando-se a levar em conta as pessoas que trabalham
naorganização e chefiando por meio da mentira e do medo. “Os procedimentos perversos de
um indivíduo podem, então, ser utilizados deliberadamente por uma empresa que espere deles
tirar um melhor rendimento” (HIRIGOYEN, 2001, p.98). Somado a esses fatos, tem-se, ainda,
a competição existente entre os próprios empregados, a hierarquização rígida que
impossibilita a comunicação e o diálogo franco,além da terceirização e a horizontalização do
processo produtivo, que têm por finalidade o aumento da competitividade. Esse novo perfil
exigido do trabalhador favorece o desenvolvimento do comportamento agressivo, pois de um
lado estabelece-se que este precisa ser competitivo, capaz, qualificado, criativo e polivalente.
De outro, esse novo trabalhador sabe que não estar preparado para a novarealidade pode
significar a perda do emprego.
Diante de tantas mudanças, o cenário torna-se propício para o aparecimento da
violência no ambiente de trabalho, não a violência física, mas a violência psicológica, que se
empregada de forma repetitiva e duradoura pode configurar o assédio moral. Fenômeno que
somente no começo da década de 90 foi identificado como fator destrutivo do ambiente de...
tracking img