Assedio moral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (747 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Sigmund Freud através de seus estudos descobriu a teoria da psicossexualidade, através de seus pacientes, o caso mais clássico , conhecida como “Ana O.”, provou que temos a sexualidadepresente em nossa infância, e que quando crianças, as meninas tem o seu pai como figura de homem perfeito, e que o menino tem em sua mão a mulher de sua vida, tendo assim uma conotação sexual.
Nestetrabalho, decorreremos sobre os caminho que Sigmund utilizou para provar suas teorias, e isso será feito tendo como base o filme “Freud além da Alma”.O filme inicia-se em Viena, no ano de 1885, Sigmund Freud era médico, e percebeu que a doença mental não era palpável, numa época onde predominavaa idéia que Histeria era uma doença tipicamente feminina, e que para muitos também era considerada um estado em que a pessoa estava “possuída pelo demônio”, mais Freud queria ir além, já que ele seinteressava pelos mecanismos da mente, ele queria conhecer aquilo que até então era desconhecido.
Freud trabalhava em um hospital, onde com ele residia o dr. Meynert, este que era conservadorista, nãoadmitia a obstinação de Freud por pacientes com histeria, e essa foi a principal razão que levou dr. Freud a partir para Paris, ele estava noivo de Martha. Sigmund partiu deixando para trás seus paise sua noiva, partiu para ir em busca do dr. Charcot, este que estava utilizando a hipnose, e Freud se encanta quando Charcot diz que a “hipnose não cura, ela comprava a existência”.
Freud junto como dr. Breuer , utilizam a Catarse, Breuer conduzia seus pacientes a relembrar o que aconteceu, isso junto com a hipnose.
Sigmund Freud é apresentado a Cecily, esta que apresenta um quadro clássico dehisteria, começa então acompanhar Breuer à algumas sessões com a jovem, Freud percebe então que há uma conotação sexual nos traumas de Cecily, Freud começa a tratar a moça. Enquanto isso, também...
tracking img