Assedio moral

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1745 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
SERVIÇO SOCIAL

ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO

ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO

Trabalho apresentado ao Curso Serviço Social da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná.

Orientador: Profª.

1 – INTRODUÇÃO

Um conceito que vem sendo pauta em muitos debates sobre direitos dotrabalhador na atualidade, é o assédio moral. Portanto observa-se que tal problema não é novidade, pode-se afirmar que é tão antigo quanto as próprias relações de trabalho. É sobre esse assunto tão complexo que saberemos mais no decorrer deste trabalho.

2 – DESENVOLVIMENTO

2.1 – Conceito

[pic]
O Assédio Moral é o termo utilizado para designar toda conduta que cause constrangimentopsicológico ou físico á pessoa. Que atenta contra a dignidade psíquica de forma repetitiva e prolongada. O assédio moral nas relações de trabalho é um dos problemas mais sérios enfrentados pela sociedade atual, sendo resultado de um conjunto de fatores, tais como a globalização econômica predatória, vislumbradora somente da produção e do lucro, e a atual organização do trabalho, marcada pelacompetitividade agressiva e pela opressão dos trabalhadores através do medo e da ameaça. E consequentemente, a vitima afasta-se do emprego, gerando, muitas vezes o desemprego forçado.
Nem sempre a prática do assédio moral é de fácil comprovação, porquanto, na maioria das vezes, ocorre de forma velada, dissimulada, visando a minar a auto-estima da vítima e a desestabilizá-la. Pode camuflar-se numa"brincadeira" sobre o jeito de ser da vítima ou de uma característica pessoal ou familiar, ou ainda, sob a forma de insinuações humilhantes acerca de situações compreendidas por todos, mas cuja sutileza torna impossível a defesa do assediado, sob pena de ser visto como paranóico ou destemperado.
2.2 – Práticas de assédio moral mais comuns:
1. Desaprovação velada e sutil a qualquer comportamento da vítima;2. Críticas repetidas e continuadas em relação à sua capacidade profissional;
3. Comunicações incorretas ou incompletas quanto à forma de realização do serviço, metas ou reuniões, de forma que a vítima sempre faça o seu serviço de forma incompleta, incorreta ou com atraso, e ainda se atrase para reuniões importantes;
4. Apropriação de idéias da vítima para serem apresentadas como de autoria doassediador;
5. Exclusão da vítima de eventos como almoços, confraternizações ou outras atividades junto aos demais colegas;
6. Descrédito da vítima no ambiente de trabalho mediante rumores ou boatos sobre a sua vida pessoal ou profissional;
7. Exposição reiterada e contínua da vítima ao ridículo perante colegas ou clientes;
8. Alegação pelo agressor, quando e se confrontado, de que a vítimaestá paranóica, com mania de perseguição ou não tem maturidade emocional suficiente para desempenhar as suas funções;
9. Identificação da vítima como “criadora de caso” ou indisciplinada;
10. Retirada das atividades do assediado. O trabalho existe, mas é negado ao funcionário.

2.3 – FRASES QUE MACHUCAM

( É melhor você desistir! É muito difícil e isso é para quem tem garra! Não é para gentecomo você!
( A empresa não é lugar para doente. Aqui você só atrapalha!
( Se você não quer trabalhar, porque não dá lugar para outro?
( Teu filho vai colocar comida na sua casa? Você não pode sair. Escolha, ou trabalha ou toma conta do filho!
( Lugar de doente é no hospital! Aqui é para trabalhar!
( Pessoas como você tem um monte aí fora! 
( Você é mole! Se você não tem capacidade paratrabalhar, então fique em casa! Vá para a casa lavar roupa!
( É melhor você pedir demissão! Você está doente, está indo muito ao médico? 
( Como você pode ter um currículo tão extenso e não consegue fazer essa coisa tão simples?
( Eu não preciso de gente incompetente igual a você!
( Você é mesmo difícil! Não consegue aprender as coisas mais simples, até uma criança faz isso!

Com o receio de não...
tracking img