Aspectos - qualitativos e quantitativos

ASPECTOS QUALITATIVOS E QUANTITATIVOS Todos os relatórios elaborados a partir da escrita contábil deverão ressaltar esses dois aspectos: Qualitativo: consiste em qualificar, dar nomes aos elementos componentes do respectivo relatório, permitindo que se conheça a natureza de cada um. Exemplo: Bens (Dinheiro, Máquina, Terreno, etc...), Direitos (Clientes, Duplicatas a receber, etc...), Obrigações(Fornecedores, Salários a pagar, etc...) Quantitativo: consiste em atribuir, aos respectivos elementos, seus valores em moeda, levando-nos a conhecer o valor do patrimônio de uma empresa. Exemplo: BENS Dinheiro.............R$ 5.000 Máquinas...........R$ 25.000 Terrenos............R$ 100.000 DIRETOS Clientes.................R$ 1.500 Dup. a receber......R$ 300 OBRIGAÇÕESFornecedores...................R$ 1.000 Salários a pagar...............R$ 8.000

O atributo quantitativo refere-se à expressão dos componentes patrimoniais em valores, o que demanda que a Contabilidade assuma posição sobre o que seja "Valor", porquanto os conceitos sobre a materia são extremamente variados.

Na Resolução 774 de 16 de dezembro de 1994 do Conselho Federal de Contabilidade (CFC 2000:30) estabelece que "naContabilidade, o objeto é sempre o patrimônio de uma Entidade, definido como um conjunto de bens, direitos e obrigações para com terceiros, pertencente a uma pessoa física, a um conjunto de pessoas , como ocorrem nas sociedades informais, ou a uma sociedade ou instituição de qualquer natureza, independentemente da sua finalidade, que pode, ou não, incluir lucro". Na verdade o patrimônio é estudadoem seus aspectos qualitativos e quantitativos, e, a própria Resolução caracteriza que por aspecto qualitativo do patrimônio entende-se a natureza dos elementos que o compõem, como dinheiro, valores a receber, ou a pagar expressos em moeda, máquinas, estoques de materiais ou de mercadorias etc. Esta delimitação qualitativa vai até o grau de particularização que permita a perfeita compreensão docomponente patrimonial. Enquanto o atributo quantitativo refere-se à expressão dos componentes patrimoniais em valores, o que demanda que a Contabilidade assuma posição sobre o que seja "valor", porquanto os conceitos sobre a matéria são extremamente variados (CFC 2000:31).
Assim, podemos afirmar que o objeto da contabilidade é o estudo do patrimônio definido como o conjunto de bens, direitos eobrigações pertencentes a uma ou mais pessoas, em seus aspectos estático ( econômico e financeiro) e dinâmico (variações sofridas pela riqueza patrimonial) e nos seus aspectos qualitativos e quantitativos visando desnudá-lo e mostrá-lo como está, no intuito de propiciar condições de intervenção no mesmo.
Para se dedicar ao estudo do patrimônio a Contabilidade vale-se dos seus princípios. Em nosso Paísos princípios são em número de sete regulamentados através da Resolução 750 de 29 de dezembro de l993 do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) que são:

o princípio da Entidade;

o da continuidade;

o da oportunidade;

o do registro pelo valor original;

o da atualização monetária;

o da competência e

o da prudência.
O princípio da entidade reconhece o patrimônio como objeto daContabilidade e afirma a autonomia patrimonial, a necessidade da diferenciação de um patrimônio particular no universo dos patrimônios existentes, independentemente de pertencer a uma pessoa, um conjunto de pessoas, uma sociedade ou instituição de qualquer natureza ou finalidade, com ou sem fins lucrativos.
Logo, o patrimônio particular de sócios e proprietários não se confunde com os dasociedade ou instituição.
A base do princípio da entidade está no artigo quarto da referida resolução que em seu parágrafo único destaca que o patrimônio pertence à entidade, mas a recíproca não é verdadeira. Pois, a soma ou agregação contábil de patrimônios autônomos não resulta em nova entidade, mas numa unidade econômico–contábil.
O princípio da continuidade (artigo 5º) estabelece que a...
tracking img