Asma

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2941 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Asma Brônquica

Conceito
Doença inflamatória crônica pulmonar caracterizada por: a) hiperreatividade das vias aéreas inferiores e b) obstrução variável ao fluxo aéreo, reversível completa ou incompletamente, espontaneamente ou com medicação. É caracterizada clinicamente por episódios recorrentes de sibilos, dispnéia, aperto no peito e tosse, especialmente à noite e pela manhã ao despertar; edeterminada por broncoespasmo (hiperreatividade brônquica), edema de mucosa e hipersecreção brônquica.

Epidemiologia
Internacionalmente a prevalência varia de 0 a 30%, e no Brasil, os estudos de prevalência são escassos. A prevalência é maior em países industrializados e cogita-se a Teoria da Higiene (exposição a infecções em fases precoces da vida leva ao desenvolvimento de um padrãoimunológico menos suscetível a alergias).
Anualmente, ocorrem cerca de 350 mil internações por asma no Brasil, sendo a quarta causa de hospitalização pelo SUS e a terceira causa entre crianças e adultos jovens. A mortalidade está aumentando correspondendo, em países em desenvolvimento, a 5 a 10% das mortes por causa respiratória. As causas seriam o tratamento inadequado, a demora em procurar ajudamédica e uso abusivo de medicações inadequadas em domicilio.

Etiopatogenia
Não existe uma causa única, a asma resulta de uma interação entre genética, exposição ambiental e outros fatores específicos. Os fatores genéticos incluem a condição de atopia (hipersensibilidade) e os fatores ambientais incluem tabagismo passivo e mãe fumante durante a gravidez, exposição a altas concentrações dealérgenos, infecção viral durante a infância e poluição.
A classificação de acordo com a etiopatogenia é reconhecida, mas as características patológicas são similares. A asma nesse aspecto pode ser dividida em: a) alérgica: em pacientes atópicos com inicio geralmente na infância podendo persistir na fase adulta embora uma remissão na adolescência seja comum. Associado com rinite alérgica e dermatiteatópica (eczema); b) não alérgica: pacientes não atópicos, inicio em adultos (asma de inicio tardio). Freqüentemente associada com rinite perene não alérgica. Responsável por aproximadamente 10% dos casos de asma em adultos. Existe um tipo especial de asma na qual o paciente é particularmente sensível a aspirina e outras drogas anti-inflamatórias não esteróides (DAINEs); c) asma ocupacional: associada aexposição a sensibilizantes químicos no trabalho. Não tem relação com o estado atópico. Alguns tipos de asma ocupacional ocorrem em atópicos devido a exposição ao alérgeno no local de trabalho. Sua prevalência aumentou nos últimos tempos. Pode ser causada por: 1) substâncias de peso molecular elevado: a maioria proteínas de origem animal ou vegetal; aquelas com atividade enzimática podempotenciar a alergenicidade, embora existam outros com atividade inibitória de enzimas que também podem ser alérgenos potentes; e 2) substâncias de baixo peso molecular (LMW): os antígenos são incompletos e aqueles que são capazes de produzir asma ocupacional são altamente reativos. Existem vários estudos que encontraram marcadores genéticos que marcaram suscetibilidade à asma ocupacional.
Os fatoresdesencadeantes são: infecções virais e bacterianas; alérgenos como pólen, ácaro (fezes do Dermatophagoides sp.), fungos e poeira; irritantes como fumaça de cigarro, odores fortes, fumaça preta particulada e poluentes ambientais; farmacológicos incluindo os beta-bloqueadores e a aspirina; fatores psicossociais (emoções e estresse); alterações climáticas; fatores endócrinos, gravidez; e exercíciofísico (desidratação do trato respiratório levando a hiperosmolaridade da mucosa brônquica e liberação de mediadores por degranulação de mastócitos).

Fisiopatologia
A primeira fase ou reação imediata da asma brônquica tem a duração de 1 a 2 horas e se caracteriza pelos eventos a seguir. As células dendríticas da mucosa brônquica apresentam antígenos para leucócitos T helper (LT) que...
tracking img