“Ascensão do capitalismo e manifestações operárias”

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1463 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
01 – Comente sobre o declínio do “Movimento Cartista”.

R: O movimento cartista inglês que se iniciou na década de 30 teve como base a Carta do Povo que continha: o sufrágio universal masculino, o voto secreto, eleições anuais, igualdade entre os direitos eleitorais e participação de representantes da classe operária no parlamento, com remuneração dos parlamentares.
O cartismo ficou conhecidocomo o movimento que lutava pela aprovação da “Carta do Povo” que foi muito significativo, impondo um novo ritmo para a manifestação dos trabalhadores. O ano de 1839 foi marcado por crises comerciais e de desemprego. A oposição a burguesia tornou-se mais organizada, e as cidades tornaram-se palco da luta entre a burguesia e o proletariado. O movimento organizou a classe trabalhadora e a uniu emtorno de objetivos comuns, usando estratégias com maior poder de combate. Uma dessas estratégias foi a greve geral, onde conseguiram mais de 3 milhões de assinaturas em favor da Carta do Povo, que deu mais vigor ao movimento. Após a vitória conquistada pelo movimento, onde o parlamento fez algumas concessões de ordem sócio-políticas, culminando em 1947 com a aprovação da jornada de 10 horas detrabalho. Em abril de 1948 o movimento cartista entrou em declínio após as fracassadas demonstrações da massa trabalhadora motivada pela crise salarial e desemprego. Os trabalhadores em crise enfraqueceram o movimento, pois passaram não mais a ver os interesses de uma classe, mas interesses pessoas, individuais.

02 – Faça uma análise sobre o resultado da caminhada histórica dos trabalhadores entrea 1ª década dos anos de 1800 até o final da década de 1840.
R: A Revolução Industrial exigia grande concentração de trabalhadores nas fábricas, e o seu aspecto mais importante foi uma radical transformação no caráter do trabalho, separando os trabalhadores e os meios de produção. Os operários passaram a ser simplesmente assalariados submetidos ao capitalista, donos dos meios de produção. Uma dasprincipais conseqüências da revolução industrial foi o crescimento das cidades. Londres chegou a ter 1 milhão de habitantes no ano 1800. Nessa época o desenvolvimento industrial e urbano deslocava-se para Manchester, cidade inglesa que era um verdadeiro símbolo de industrialização capitalista. As condições de trabalho eram precárias e colocava em risco a vida e a saúde dos trabalhadores. Asdoenças profissionais e os acidentes eram freqüentes, fato que alavancou a classe operária a criar uma identidade, organizando-se a partir de interesses comuns, apoiando a consciência social do grupo. Os operários começaram a caminhar então, na busca de melhores condições de trabalho, de salários, e de sua liberdade. Em 1834 foi fundado o Sindicato Geral Nacional, marcando uma importante conquista domovimento sindicalista, seus grandes objetivos era fixar o salário em função dos benefícios do patrão, para manter o mesmo nível para cada ramo de trabalho. Essa associação era bem irregular, pois não tinha apoio das autoridades, que, com freqüência, prendiam seus líderes. Com esses acontecimentos, a classe trabalhadora fica cada vez mais desprotegida. Uma nova associação de maior parte de naturezademocrática surgiu em 1836, denominando-se associação geral dos trabalhadores de Londres. A burguesia tornou-se mais organizada por causa do capitalismo, gerando luta entre os burgueses e o proletariado. A classe trabalhadora estava agora mais unida em torno de objetivos comuns, e avançava em sua marcha organizada, estendendo-se através de estratégias diversificadas e dotadas de maiorcombatibilidade. As manifestações de resistência dos operários na Inglaterra avançam até 1947 quando conseguem a tão almejada aprovação da lei das 10 horas. A classe trabalhadora havia produzido importantes resultados: 1) a consciência da classe trabalhadora e o discernimento de seu papel revolucionário; 2) a importância da construção de alianças para a consecução de objetivos buscados pela classe...
tracking img