Asbesto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1315 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ASBESTO



[pic]



O amianto é um produto barato, durável, altamente resistente – o fogo não o destrói –, capaz de se transformar em fios e tecidos. Daí, durante muito tempo, ter sido considerado um mineral “mágico”.
O Brasil é um dos grandes produtores mundiais de asbesto, também conhecido como amianto. Por ser uma substância indiscutivelmente cancerígena, observa-se,atualmente, uma grande polêmica em torno da sua utilização. Há uma corrente que defende o uso do asbesto em condições ambientais rigidamente controladas, e outra que defende a substituição do produto nos diversos processos produtivos.

O asbesto possui ampla utilização industrial, principalmente na fabricação de produtos de cimento-amianto, materiais de fricção como pastilhas de freio,materiais de vedação, telhas, painéis acústicos, forros, divisórias de ambiente, caixas d’água, tubulações, revestimento do disco de embreagem, lona de fricção, piso e produtos têxteis, como mantas e tecidos resistentes ao fogo. Assim, os trabalhadores expostos ocupacionalmente a esses produtos são aqueles vinculados à indústria extrativa ou à indústria de transformação. Também estão expostostrabalhadores da construção civil, trabalhadores que se ocupam da colocação e reforma de telhados, do isolamento térmico de caldeiras, de tubulações e da manutenção de fornos (tijolos refratários).
Patologias causadas por asbesto

Os problemas com o asbesto surgem quando as fibras se dispersam no ar e são inaladas. Devido ao tamanho das fibras, os pulmões não conseguem expeli-las.
A asbestoseé a pneumoconiose associada ao asbesto ou amianto, sendo uma doença eminentemente ocupacional. A doença, de caráter progressivo e irreversível, tem um período de latência superior a 10 anos, podendo se manifestar alguns anos depois de cessada à exposição. Clinicamente, caracteriza-se por dispnéia de esforço, estertores crepitantes nas bases pulmonares, baqueteamento digital, alterações funcionaise pequenas opacidades irregulares na radiografia de tórax. O diagnóstico é realizado a partir da história clínica e ocupacional, do exame físico e das alterações radiológicas. O Rx de tórax, assim como sua leitura, deverá ser realizado de acordo com o preconizado pela OIT.
[pic]
Detalhe de um pulmão com asbestose
Além da asbestose, a exposição às fibras de asbesto está relacionada com osurgimento de outras doenças.
• Mesotelioma - Um câncer do revestimento mesotelial (pleura) do pulmão. A única causa conhecida é a exposição ao asbesto. O período de latência do mesotelioma pode ser de 20 a 50 anos. A maior parte dos doentes morre em menos de 12 meses após o diagnóstico.
• Câncer - Cânceres de pulmão, do trato gastrointestinal do rim e laringe foram associados aoasbesto. O período de latência é muitas vezes 15 a 30 anos.
• Verrugas de asbesto - produzidas quando fibras aguçadas se alojam na pele sendo recobertas por esta causando crescimentos benignos semelhantes a calos.
• Placas pleurais - espessamento de parte da pleura visível por meio de radiografias em indivíduos expostos ao asbesto.
• Espessamento pleural difuso - semelhante à anterior.Geralmente assintomática, pode causar perda de capacidade respiratória se a sua extensão for grande.

Riscos da exposição ao asbesto

Quase todas as pessoas são expostas ao asbesto em algum momento das suas vidas. No entanto, a maioria das pessoas não adoece em conseqüência dessa exposição. As pessoas que adoecem devido à exposição ao asbesto são geralmente aquelas expostas de formaregular, à maior parte das vezes no seu posto de trabalho em que o contato diretamente com o material ou através de contacto ambiental substancial.
A Organização Internacional do Trabalho – a OIT, órgão das Nações Unidas - alerta: o amianto, ou asbesto, mata por ano no mundo 100 mil trabalhadores. No Brasil, segundo o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), 1 milhão de pessoas podem estar em...
tracking img