As vantagens da implementação das ciclovias no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1964 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Ao longo dos anos a necessidade do ser humano de se locomover tem levado ao desenvolvimento de veículos que pudessem satisfazer essa vontade. As distâncias cada vez maiores e a necessidade de cumprir horários fizeram com que a velocidade fosse um fator importante a ser levado em conta.
Dessa maneira, a partir do século XV os veículos de tração animal já não eram tão eficientes parasatisfazer a vontade de velocidade, e é nesse contexto que as bicicletas aparecem como um meio alternativo de locomoção. As ciclovias então surgem para dividir o espaço em que os ciclistas deveriam usar as suas bicicletas, não se misturando com as charretes já existentes.
O seguinte trabalho procura explicar o surgimento desse tipo de veículo e nos trazer a importância do seu uso na sociedadeatual, onde a locomoção e a velocidade são tão importantes quanto a diminuição do estresse causado pelo trânsito caótico além da necessidade de políticas voltadas para a preservação do meio ambiente.

2. ORIGEM DAS BICICLETAS E DAS CICLOVIAS

Entre os séculos 15 e 16 alguns veículos, contendo 2 ou 4 rodas, foram formulados para funcionarem a partir de um mecanismo baseado em um conjunto de umacorrente (que já havia sido citada nas obras de Leonardo da Vinci), uma alavanca, além de outros dispositivos. Porém, esse mecanismo por vezes trazia uma série de desconfortos e pequenos acidentes, demonstrando pouca utilidade para o uso diário.
Por volta de 1790 o conde francês Sivrac introduz na sociedade um tipo de veículo de aspecto primitivo, o qual ele chamou de celerífero. O celerífero eraconstituído de 2 rodas acopladas em uma haste de madeira (curiosamente esta haste tinha a forma de um cavalo) e funcionava a base de impulsos motores do próprio usuário com os pés no chão. É interessante notar que este meio primitivo de bicicleta já funcionava para os usuários como uma solução para pequenos deslocamentos.
Algum tempo depois, já em meados de 1816, o barão alemão Karl FriedrichChristian trabalhou o celerífero de tal forma que o mesmo passou a ter um guidão, facilitando o uso deste meio de transporte, porém o mesmo ainda era incômodo ao uso. Figura 1 – A evolução da bicicleta.
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Bicycle_evolution-umbers.svg
Depois do barão o celerífero passou a ser conhecido como draisiana. Em1818 o barão Karl introduz à sociedade a sua draisiana porém esta já era feita com liga de antimônio, um material bastante pesado e tinha um formato bastante parecido com a atual bicicleta.
Em 1840, Kirkpatrick Macmillan faz uma adaptação na roda traseira, garantindo assim uma maior estabilidade e segurança para a bicicleta, além de um manuseio mais célere e com maispossibilidades. Depois, em 1855, Ernest Michaux traz um grande avanço à esta invenção: os pedais. Estes foram ligados às rodas da frente e pode ser considerada a primeira bicicleta moderna (porém alguns preferem chamá-la de triciclo). Figura 2 – Filho de Michaux em uma bicicleta primitiva.
Fonte:http://en.wikipedia.org/wiki/File:Michauxjun.jpg

Devido ao crescente uso de bicicletas nas ruas de Paris, no ano de 1862 a prefeitura parisiense começou a destinar algumas faixas para que os ciclistas pudessem pedalar nos parques e dessa maneira não se misturarem com outros meio de transporte comumente usados naquela época, tais como carroças, e nem correrem o risco de se machucarem, já que muitasvezes os animais de tração se assustavam com as bicicletas e causavam pequenos acidentes.
Na Alemanha do século 19, devido às ruas cheias de pedras grandes ou mal pavimentadas, as ciclovias foram reivindicadas pela própria população, porém as primeiras faixas destinadas ao crescente número de ciclistas não seguiam qualquer orientação das normas ditadas pelo governo em relação à construção desse...
tracking img