As teorias do desenvolvimento: do evolucionismo a hermeneutica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1066 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O desenvolvimento segundo etapas de crescimento econômico

William Wilber Rostow, ex-professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts e porta-
voz da Casa Branca para assuntos exteriores em 1967, é autor de uma das mais
difundidas reflexões baseadas nos princípios desenvolvimentistas. Em sua obra Estágios
de Desenvolvimento e Econômico, o ex-porta-voz da Casa Branca identifica etapas dedesenvolvimento que caracterizam cinco tipos de sociedade.
* Primeira – sociedade tradicional – caracteriza-se por produção limitada, tecnologia
baseada numa ciência pré-newtoniana, elevado grau de subordinação do homem ao
ambiente e inadequado aproveitamento dos recursos naturais.
* Segunda – sociedade em processo de transição – caracteriza-se pelo aparecimento
das pré-condições dodesenvolvimento econômico. Representa um estado de
gestação de atitudes racionais adequadas ao controle e à exploração da natureza.
* Terceira – sociedade em início de desenvolvimento – corresponde ao estágio em
que são ultrapassados os primeiros limites das sociedades tradicionais. Rostow afirma
que, nesse período, já se percebe investimento de capital na área produtiva,
crescimento damanufatura e aparecimento de um sistema político, social e
institucional em expansão. Ele considera que, nesse estágio, já se encontra a base de
uma sociedade moderna.
* Quarta – sociedade em maturação – corresponde ao estágio em que as forças de
expansão econômica passam a predominar na sociedade.
* Quinta – sociedade de produção em massa – corresponde ao estágio de
desenvolvimentoefetivo da produção em bases industriais e científicas e de um
aumento significativo do investimento produtivo de capital.

Analisemos essa teoria.

Em primeiro lugar, vemos que o autor nega os diferentes caminhos históricos de cada
sociedade. Pressupõe que todos os povos tiveram a mesma forma original – a “sociedade
tradicional” – e atravessaram as mesmas etapas para chegar ao desenvolvimento.No
entanto, a história prova que esse não foi o caminho de várias sociedades. A Índia, por
exemplo, tinha uma manufatura de seda extremamente desenvolvida, organizada em
padrões familiares e domésticos, que o colonialismo inglês levou a falência. Não houve
possibilidade de as manufaturas indianas concorrerem em quantidade e preço com a
indústria têxtil inglesa. Assim, a Índia passou deexportadora de seda a importadora de
tecidos ingleses. Vemos que, nesse caso, o percurso da manufatura reverte o esquema
imaginado por Rostow; a história de cada nação mostra fases prósperas alternando com
períodos de declínio, provando que não há um movimento lento e contínuo em direção ao
desenvolvimento.

Outro argumento que podemos levantar é que, muitas vezes, certas áreas de um país
onde jáhavia investimento significativo em setores produtivos entraram em colapso por
razões externas. Foi o caso, por exemplo, do Nordeste brasileiro, que alcançou grande
pujança na produção do açúcar e que, com a concorrência do açúcar antilhano, entrou em
decadência e se tornou uma das regiões mais pobres do Brasil. Nota-se, com isso, que
não são apenas as possibilidades internas de investimento,racionalidade e crescimento
das técnicas produtivas de uma região ou nação que determina o florescimento ou a
falência de um ramo da produção.

Entraves ao desenvolvimento: o tradicionalismo e a questão racial
Na base dos estudos desenvolvimentistas, dos quais o de Rostow é um exemplo clássico,
acha-se a idéia de que o desenvolvimento do capitalismo e da produção em massa é uma
metahistórica, tal como tinham sido a civilização européia e a mecanização para o
evolucionismo do século XIX. Essa meta seria alcançada por meio de um lento, mas
inevitável movimento de mudança social. Cada estágio de desenvolvimento econômico
representaria o grau de avanço de uma sociedade em relação à meta almejada.
Outro princípio seguido pelas teorias desenvolvimentistas é considerar, como causa...
tracking img