As razões da intolerância - norberto bobbio - resumo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (959 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
as razões da intolerância - norberto bobbio - resumo
Analisa o conceito de tolerâncias em seus diferentes sentidos para, posteriormente, melhor explicar o conceito de tolerância que pretendeutilizar.
Registra que historicamente o conceito de tolerância esta ligado a problemas de convivência de crenças diversas (religiosas ou politicas).
Num segundo momento, o conceito é vinculado àconvivência de minorias.
Anota que esses dois conceitos adotam diferentes modos de entender, praticar e justificar a tolerância.
Nesse sentido, o conceito de tolerância ligado às crenças diversas fariareferência a um discurso sobre a verdade e sobre a compatibilidade de verdades contrapostas.
Por outro lado, o conceito de tolerância vinculado à convivência de minorias estaria ligado a defeitosfísicos ou sociais, num contexto de preconceito e discriminação.
Além disso, a defesa da tolerância num contexto não seria igual ao utilizado em outro contexto.
As razões que igualmente seriam diversas,pois a primeira trataria da convicção de possuir a verdade e a segunda de um preconceito transmitido entre pessoas e aceito sem discussão.
A questão posto perante dos defensores da tolerânciareligiosa é: como são compatíveis, teórica e praticamente, duas verdades opostas?
A questão postas perante os defensores da tolerância às minorias é: como é possível demonstrar que o mal-estar frente asminorias advém de preconceitos inveterados e irracionais?
No primeiro caso, os intolerantes são considerados fanáticos e consideram os tolerantes céticos ou indiferentes, não adotando convicções fortese nem nenhuma verdade que falha a pena lutar. Assim, o tolerante seria aquele que não defenderiam a tolerância no intuito de lutar pelo direito de cada um professar a própria verdade, mas por seremindiferentes.
Os tolerantes argumentam que, por um viés prático ou de prudência politica, o exercício da tolerância de crença seria melhor que a perseguição, pois não acarretaria na renúncia das...
tracking img